Zagueiro polonês nega intenção após atingir Higuain com pisão

Do UOL, em São Paulo

  • Richard Heathcote/Getty Images

    Glik atingiu Higuain no segundo tempo da semifinal

    Glik atingiu Higuain no segundo tempo da semifinal

O zagueiro polonês Kamil Glik gerou polêmica na última terça-feira (9) após solar o argentino Higuain no jogo de volta das semifinais da Liga dos Campeões entre Juventus e Monaco. Após a partida, o jogador se defendeu das críticas recebidas pelo lance e afirmou que não teve a intenção de atingir o rival.

"Eu não fiz isso de propósito e eu não tinha a intenção de provocar os torcedores. Talvez eu merecesse o cartão vermelho, mas no passado jogadores da Juventus não foram expulsos muitas vezes", declarou o jogador, que defendeu o Torino até a temporada passada, à "Gazzetta dello Sport".

A solada de Glik deixou Higuain aos gritos e irritou o argentino, que teve que sair do gramado para ser atendido e voltou para ele ainda com dores. O polonês não conversou com o adversário sobre o lance.

"No futebol essas coisas acontecem. No campo acontecem essas e aquelas faltas, foi uma ação rápida. Se eu falei com o Higuain? Não. Falei com outros jogadores da Juventus, eu não tive a chance de fazê-lo com ele", completou.

A jogada violenta passou despercebida pela arbitragem, que não puniu Glik sequer com o cartão amarelo. Além da pancada, no entanto, a solada não deixou nenhuma sequela grave a Higuain, que se classificou junto à Juventus para a decisão da Liga dos Campeões.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos