Brasil é com sobras o país que mais exporta atletas de futebol, diz estudo

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução Instagram

Um estudo do Centro Internacional de Estudos Esportivos (CIES) publicado neste mês de maio apontou que o Brasil é o clube que mais exporta jogadores no planeta. Abordando um total de 137 ligas em 93 países, a pesquisa calculou que mais de 12 mil atletas de futebol jogam em países que não são os seus de origem – os brasileiros lideram a lista, com 10% do total.

No levantamento feito pela instituição, um total de 1.202 jogadores brasileiros atuam fora das fronteiras do país, número próximo ao dobro do segundo colocado, que é a França, com 781. A Argentina ocupa a terceira colocação, com 753.

/center>

Os dados coletados são válidos até o início de maio. De acordo com o estudo, a Uefa é a confederação com mais jogadores expatriados, com um total de 8.808, que correspondem a 24,3% dos atletas que atuam nas 86 ligas e 1.373 clubes consultados.

Produtora de jogadores, a Conmebol "importa" poucos atletas, com apenas 695 expatriados em 13 ligas e 217 clubes.

Outros destaques ficam para a idade média dos atletas que atuam fora de seus países, que é maior do que a dos nativos: 26,8 anos contra 25,3.

O destino dos brasileiros

O CIES também apontou quais são os 10 principais destinos dos atletas brasileiros. Portugal ocupa a primeira colocação, com um total de 221, seguido da Itália (71), Japão (54), Turquia (46), Espanha (43), México (34), Grécia (33), Tailândia e Coreia do Sul (30) e Hong Kong (29).

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos