Grêmio se reúne e presidente fala em 'reafirmar objetivos' da temporada

Do UOL, em Porto Alegre

  • Lucas Uebel/Divulgação Grêmio

    Romildo Bolzan Jr convocou coletiva para falar sobre o atual momento do Grêmio

    Romildo Bolzan Jr convocou coletiva para falar sobre o atual momento do Grêmio

O presidente do Grêmio se reuniu com o elenco e a comissão técnica na tarde desta quinta-feira (11). E depois disso, chamou entrevista coletiva para reafirmar os objetivos do ano. Disse que a data é um marco na meta de reaver a melhor condição do time.

"Estamos considerando este momento importantíssimo para o clube. Neste mês de maio estamos fazendo praticamente o começo de muitas competições. Brasileiro, Copa do Brasil e a segunda fase da Libertadores. Competições definitivas, duas mata-mata e uma pontos corridos. O futebol nos reserva muitas surpresas. Muitas coisas aconteceram conosco. Processos que servem para aplaudirmos e ensinar. Tivemos uma reunião com jogadores, comissão técnica, direção, todos para estabelecer um novo momento, um marco de uma caminhada nos campeonatos para frente. É neste sentido que vão acontecer as coisas. O objetivo é motivar a nossa torcida", disse Bolzan.

O Grêmio foi eliminado no Gauchão na semifinal. Está com a classificação às oitavas de final da Libertadores encaminhada e começa o Brasileirão no próximo domingo.

Em clima de pressão, o Tricolor garante respaldo à comissão técnica e diz que tal situação se deve à necessidade de reforçar o empenho pelos melhores resultados.

"Aqui todos têm a confiança necessária. A reafirmação de que o Grêmio pode e quer fazer um grande campeonato. É a reafirmação de nossos propósitos, desejos, compromissos com o clube e a torcida. Não é da direção, mas também da comissão técnica e dos jogadores", afirmou Romildo.

A manifestação pública de respaldo e empenho também serve como pressão. Ao apontar uma data como ponto de partida para o crescimento esperado, o Tricolor também determina que não irá aceitar a falta deles daqui em diante.

"O futebol é uma dos poucos esportes que se legitima todos os dias. Não somos capazes de ganhar ou perder sem legitimar. Os pactos que se formam, encaminhamentos que se dão, sempre é por uma boa unidade interna, capacidade de entrosamento, cumplicidade entre jogadores, comissão e direção. Quando tem um grupo fechado que sabe se ajudar, ser coletivo, solidário, se tem processos de sucesso. No futebol temos surpresas. O Grêmio sabe que precisa trabalhar isso porque tem duas decisões neste mês. Copa do Brasil e Libertadores. Temos que ter consciência plena deste processo", finalizou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos