Inter falta a depoimento e STJD vê desrespeito em caso de documentos falsos

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Divulgação / Vitória

    Victor Ramos ainda rende problemas fora de campo para o Internacional no STJD

    Victor Ramos ainda rende problemas fora de campo para o Internacional no STJD

O auditor do STJD, relator do processo que apura o caso de documentos falsos do Internacional, Mauro Marcelo, utilizou seu perfil no Twitter para explicar suas atividades em Porto Alegre nesta semana. Segundo ele, houve um desrespeito por parte dos representantes do Internacional, que não compareceram para esclarecer o caso.

Sempre em tom irônico, Mauro Marcelo começou sua postagem com uma citação em inglês. "Playing with fire" (Brincando com fogo, em tradução livre). Em seguida opinou sobre o caso.

"Em total desrespeito à Justiça Desportiva, os cinco intimados do SCI (Sport Club Internacional) não compareceram. Inquérito será concluído sem oitivas", escreveu.

Entre os que seriam ouvidos estão o ex-presidente Vitório Píffero, o ex-vice jurídico Giovani Gazen, e mais três representantes do clube.

Mauro Marcelo está em Porto Alegre desde segunda-feira em diligência oficial do STJD. A entidade não deu mais detalhes sobre o que seria feito.

O atual vice jurídico do Internacional, Gustavo Juchen, em contato com a reportagem do UOL Esporte, afirmou que não iria se encontrar com Marcelo.

Píffero e os demais representantes do Inter já tinham sido chamados para serem ouvidos. E, após justificativa, não compareceram.

O inquérito tem o fim deste mês como prazo para conclusão. O caso apura a suposta falsificação de documentos utilizados pelo Vitória no 'caso Victor Ramos'. Em março, através de nota oficial, o STJD disse que os documentos são comprovadamente falsos. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos