Livro revela maiores salários do futebol chinês. Argentinos lideram a lista

Do UOL, em São Paulo

  • Reuters

    Tevez fatura R$ 2,5 milhões por semana; Lavezzi recebe R$ 3,2 milhões por semana

    Tevez fatura R$ 2,5 milhões por semana; Lavezzi recebe R$ 3,2 milhões por semana

O site do jornal Daily Mail publicou nesta quinta-feira informações que serão publicadas no livro Football Leaks: The Dirty Business of Football ("Football Leaks: O Negócio Sujo do Futebol" em tradução livre).

Trata-se de uma obra escrita pelos jornalistas Rafael Buschmann e Michael Wulzkinger, publicado em maio na Alemanha. A publicação tem gerado muita repercussão na Europa, trazendo detalhes a respeito de contratos de alguns dos principais jogadores do continente.

O livro dá especial destaque a jogadores que optaram por jogador no futebol chinês. É o caso de nomes como Carlos Tevez, Didier Drogba, Oscar e Ezequiel Lavezzi, entre outros.

Ao trocar o Boca Juniors pelo Shanghai Shenhua em 2017, Tevez passou a receber salário equivalente a R$ 2,56 milhões por semana. Para efeito de comparação, o salário semanal do argentino ao chegar no Manchester City em 2009 seria o equivalente a R$ 809 mil.

Os vencimentos de Tevez podem ser ainda maiores em caso de bônus previstos em contrato: R$ 3,18 milhões caso seja titular em 70% dos jogos no ano, mais R$ 3,18 milhões caso o time seja campeão chinês. Caso o Shanghai Shenhua fature a Liga dos Campeões da Ásia, o argentino embolsará mais R$ 6,31 milhões como prêmio.

O maior salário do futebol chinês, porém, pertence a outro argentino: Ezequiel Lavezzi, ex-Paris Saint-Germain. Ao acertar com o Hebei China Fortune, o atacante aceitou receber a bagatela de R$ 3,22 milhões por semana na nova equipe. A imprensa inglesa, porém, não cita premiações acordadas entre as partes para determinados resultados.

Além dos argentinos, outros nomes de destaque citados pelo livro foram Oscar, que trocou o Chelsea pelo Shanghai SIPG em 2017 para receber R$ 2,21 milhões por semana, e Didier Drogba, que deixou o mesmo Chelsea para defender o Shanghai Shenhua em 2012 pelo preço de R$ 2,05 milhões semanais.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos