Pottker diz que realiza sonho no Inter e rebate dirigente do Corinthians

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Marinho Saldanha/UOL

    William Pottker trabalha no Internacional e é apresentado oficialmente

    William Pottker trabalha no Internacional e é apresentado oficialmente

William Pottker foi apresentado pelo Inter no início da tarde desta quinta-feira (11). O atacante vestiu a camisa 99 do Internacional e disse que realiza um sonho. E aproveitou para rebater as declarações do diretor do Corinthians, Flavio Adauto.

No início do mês, o diretor de futebol do clube paulista disse que Pottker usaria o Inter como 'ponte' para o futebol chinês. Ele assina contrato de quatro temporadas no Colorado e rebateu tal possibilidade.

"Não tem nada disso. São quatro anos de contrato. Eu vim para jogar no Inter. Não vim com a cabeça na China, na Europa, em nada. Se não tiver a cabeça aqui, não vou render. E se não render, não tem proposta de ninguém. Minha cabeça está no Inter e quero trabalhar aqui para conquistar os objetivos do grupo", disse o jogador.

"Estamos apresentando um grande jogador para a torcida colorada, ele está se apresentando. Não cabe a mim comentar declarações de dirigentes de outros clubes. O Pottker é do Inter, contrato de quatro anos, multa rescisõria altíssima. São 60 milhões de euros para o exterior. O Inter não pensa nisso. Ele veio jogar e fazer história pelo Inter. E a partir do momento que tiver isso, o futuro ninguém sabe o que irá acontecer. Não vou comentar as declarações de outros dirigentes", afirmou o vice de futebol do Inter, Roberto Melo.

Pottker falou da história do Internacional e disse que realiza um sonho ao atuar em Porto Alegre.

"Eu não hesitei. Na primeira reunião que tive pessoalmente com as pessoas, um deles o Melo (Roberto, vice de futebol). É um clube que não vai apagar sua história por seis meses de Série B. É uma camisa que o peso dela, todo jogador quer carregar. É um sonho realizado e fico muito feliz de realizar ele aqui no Inter", afirmou.

Pottker depende do STJD para estrear no sábado, contra o Londrina, pela Série B. O jogador foi expulso pela Ponte Preta, na Copa do Brasil, contra o Cuiabá. O Colorado tenta converter a pena em pagamento de multa. E isso precisa ser concluído até sexta-feira.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos