Rodriguinho "expulsa" rival, decide e reforça papel de craque corintiano

Do UOL, em São Paulo

  • Ivan Alvarado/Reuters

    Rodriguinho já marcou oito gols pelo Corinthians na temporada 2017

    Rodriguinho já marcou oito gols pelo Corinthians na temporada 2017

Mais um jogo com papel decisivo e Rodriguinho reforça o papel de craque do Corinthians na temporada 2017. Na noite da última quarta-feira, o meia não brilhou apenas quando abriu o placar na vitória por 2 a 1 sobre a Universidad de Chile, em Santiago. À vontade em campo, o jogador alvinegro se destacou até no papel de provocador, com sangue frio na expulsão do meia Reyes.

A cena de Rodriguinho sorrindo sem reagir à aproximação do rival, com a classificação já garantida, foi mais um sinal de maturidade do meia, que já havia mostrado a que veio tecnicamente. Aos 29 anos e com contrato renovado com o Corinthians até o fim de 2019, o meio-campista foi às redes em oito oportunidades somente em duelos de mata-mata. - esse é também o total de gols que o jogador fez na temporada. O meia marcou, por exemplo, na semifinal do Estadual, contra o São Paulo, e no primeiro jogo da decisão, diante da Ponte Preta, quando fez dois.

Autor de um dos gols no jogo de ida do duelo com a Universidad de Chile, em Itaquera, Rodriguinho destacou o amadurecimento como jogador do Corinthians depois de passagens por ABC, América-MG, Bragantino, Grêmio e o futebol árabe. 

"Futebol é um aprendizado, conseguimos evoluir com o tempo, vai amadurecendo. Na minha posição é bem difícil conseguir desde novo ter uma percepção do jogo. Fui evoluindo com o tempo, desde o ABC aprendendo. Hoje posso ter uma tranquilidade maior para jogar e representar uma camisa como essa", disse o meia em entrevista à Fox Sports após o jogo.

Rodriguinho ainda admitiu que prefere ser visto como mais uma peça do time alvinegro."Não quero ser protagonista, quero que o time todo esteja bem. Coletivamente bem a gente se torna um time muito forte", frisou.

Bom de bola e sangue frio

Na partida desta quarta-feira, que garantiu o Corinthians na segunda fase da Copa Sul-Americana, Rodriguinho conseguiu mostrar mais uma vez que vive uma fase especial na carreira. No primeiro tempo, fez 1 a 0 após jogada individual - depois de driblar o lateral chileno com categoria, o meia bateu cruzado para vencer o goleiro.

Na etapa final, atuando muitas vezes como atacante, Rodriguinho participou ativamente do segundo gol, marcado por Jadson. Após finalização dele e rebote do goleiro, Jô serviu o camisa 10, que só empurrou para o fundo da meta.

Aos 42 minutos, Rodriguinho se desentendeu como o meia Reyes. Após leve troca de empurrões, o chileno encostou no rosto do brasileiro. O árbitro entendeu que houve agresão e expulsou Reyes, que ainda tentou provocar o meia corintiano para levá-lo consigo. Sem destempero, o corintiano sorriu, acenou para o adversário e disse a palavra "tchau".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos