Tchê Tchê diz que avisou Baptista sobre não estar à vontade em campo

Danilo Lavieri

Do UOL, em São Paulo

  • David Mercado/Reuters

    Tchê Tchê, do Palmeiras, diz que não estava à vontade com Baptista

    Tchê Tchê, do Palmeiras, diz que não estava à vontade com Baptista

Destaque do Palmeiras que foi campeão brasileiro em 2016, Tchê Tchê preferiu não admitir que caiu de rendimento na atual temporada, mas admitiu que estava em uma posição que não se sentia à vontade com Eduardo Baptista.

O meio-campista disse que estava atuando entre os volantes e, muitas vezes, recebendo a bola de costas. Por isso, disse preferir o jeito de escalar o time adotado por Cuca.

"Aprendi bastante coisa com o Baptista, mas nunca escondi dele que eu vinha em uma função que não me sentia à vontade. Que era pegando a bola de costas, entre os volantes. Por isso eu prefiro a maneira de jogar que o Cuca tem", afirmou.

Ainda na entrevista coletiva concedida nesta quinta-feira, Tchê Tchê disse que nem precisará bater papo com Cuca para poder voltar a jogar onde atuava no ano passado.

"Não precisa nem ter essa conversa. Ele tem total confiança e sabe o que eu posso render. Sabe a posição que eu prefiro. Mas claro que eu posso jogar em outra posição se precisar. Mas nem preciso falar com ele. Temos uma grande confiança um no outro".

O rendimento de Tchê Tchê em campo foi um dos argumentos que a diretoria usou para avaliar o trabalho de Baptista como não tão bom.

O meio-campista começou como um dos pilares da equipe em 2017, mas as constantes mudanças táticas de Eduardo Baptista fizeram ele mudar de posição dentro de campo. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos