Cruzeiro conversa para ter Rafael Marques, mas é pessimista com Everton R.

Enrico Bruno e José Edgar de Matos

Do UOL, em Belo Horizonte (MG) e em São Paulo (SP)

  • MARCELLO FIM/FRAMEPHOTO/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO

    Diretoria do Cruzeiro confirmou interesse antigo em contar com atacante do Palmeiras

    Diretoria do Cruzeiro confirmou interesse antigo em contar com atacante do Palmeiras

Disposta a fazer contratações pontuais para reforçar o elenco, a diretoria do Cruzeiro confirmou o interesse pelo atacante Rafael Marques, atualmente no Palmeiras. A pedido do técnico Mano, a diretoria celeste já iniciou as conversas com a cúpula alviverde e negocia como seria a transação. Rafael chega para aumentar o poder de fogo no ataque celeste, que atualmente só conta com Ramón Ábila, já que Rafael Sóbis ficará em recuperação por pelo menos dois meses.

Nesta tarde de sexta-feira, o vice-presidente de futebol, Bruno Vicintin, esteve na Toca da Raposa e confirmou o interesse no atacante. Contudo, Vicintin negou que o volante Lucas Romero seja envolvido na eventual transação. Atualmente, o argentino está sem espaço na equipe de Mano e seu empresário procura um novo clube.

"Essa negociação, o Rafael Marques é um grande jogador, há muito tempo interessa o Cruzeiro. Porém, em momento nenhum foi conversado sobre o Lucas Romero. O que aconteceu com o Romero foi que o empresário dele veio na Toca falando que, se ele tivesse pouco espaço, se poderíamos negociar ele. Falamos que todos os jogadores são negociáveis, desde que tenha uma boa proposta. Nessa época do ano é comum isso. Temos um bom plantel que precisa de um ajuste ou outro. Vamos fazer pequenos ajustes, mas nada como no ano passado. Vai ser um ou outro ajuste que a gente pensa no grupo", comentou Vicintin.

Em sua entrevista coletiva, também nesta sexta-feira, o técnico Cuca comentou que além de Alecsandro (que saiu para o Coritiba), outro grande jogador pode estar deixando o Palmeiras. Quando questionado sobre Rafael Marques, o treinador falou abertamente sobre a possibilidade real da mudança para o Cruzeiro.

"Como treinador, temos que querer o melhor para o time, para a gente e para o jogador. Ele não pode ficar em um clube para jogar 100 minutos por ano. Ele tem que se sentir titular. Quantos minutos eles jogaram? Temos aqui um leque grande de jogadores, em que ele se inclui. Cara limpa, um baita profissional e parceiro, fará falta em todos os sentidos. Se ele sair para jogar, vai ser útil e para ele vai ser melhor. Isso foi o que passei para ele e para o Alecsandro", disse Cuca.

A situação de Rafael Marques é totalmente diferente do meia Everton Ribeiro. O jogador de 28 anos que também está na mira do Flamengo e São Paulo interessa ao Cruzeiro. Porém, as condições para que isso aconteça são bem difíceis. Para Vicintin, o empresário do meia, Robson Ferreira, não quer que o jogador seja repatriado pelo clube mineiro.

"Como eu já disse, as portas do Cruzeiro estão abertas para o Éverton Ribeiro. Já conversamos com a família, mas temos dificuldades para falar é com o empresário do Éverton. Me parece que o empresário, infelizmente, não tem o interesse na volta dele ao Cruzeiro. Então é uma negociação muito difícil pelos valores que têm sido falados", completou Bruno.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos