Hackers suecos são presos por tentarem desviar transação de Hulk

Do UOL, em São Paulo

  • Johannes Eisele/AFP

    Hackers invadiram conta bancária de time chinês, mas não consumaram transferência

    Hackers invadiram conta bancária de time chinês, mas não consumaram transferência

Dois hackers suecos foram presos por tentativa de desviar parte da transação do atacante Hulk. Hussein Barjawi e Silvija Jansson conseguiram acessar a conta eletrônica do Shanghai SIPG e realizaram um depósito de 370 mil euros (R$ 1,2 milhão na cotação do dia) para uma conta da dupla.

O depósito seria com o intuito de "comissão pela transferência de Hulk do Zenit para o time chinês".

O desvio não foi consumado porque as autoridades estranharam a transação para um banco sueco. A equipe chinesa foi alertada e informou que se tratava de uma fraude.

Barjawi foi condenado pela Justiça de Malmo, na Suécia, a três anos de prisão, enquanto Jansson pegou 18 meses de detenção.

Outras três pessoas que teriam tramado o esquema ilícito foram multadas.

Hulk se transferiu para o Shanghai SIPG no ano passado por uma quantia vultosa: 55 milhões de euros (R$ 187 milhões na cotação atual).

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos