Oposição do Vasco se une contra Eurico e candidato de Edmundo em eleição

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Paulo Fernandes / Flickr do Vasco

    Por enquanto, Eurico tem dois opositores na eleição, mas pode enfrentar candidato único

    Por enquanto, Eurico tem dois opositores na eleição, mas pode enfrentar candidato único

Convencidos de que terão mais chances na eleição de novembro caso estejam juntos, dois dos principais grupos políticos do último pleito do Vasco firmaram parceria. Unidos a outros grupos menores, eles tentam vencer nas urnas o atual presidente, Eurico Miranda, e o candidato apoiado pelo ídolo Edmundo, Júlio Brant.

Tal grupo de opositores terá como candidato Alexandre Campello, ex-médico do clube. Ele já era o representante da chapa "Identidade Vasco", que na eleição passada concorreu com Roberto Monteiro.

O apoio da "Cruzada Vascaína" - grupo de oposição que no último pleito esteve junto ao segundo colocado Júlio Brant e possui representantes nas cadeiras do Conselho Deliberativo do clube - se deu nesta semana após uma série de reuniões.

Site oficial do Vasco
Alexandre Campello já foi médico do Vasco no período em que Felipe ainda atuava

A Cruzada Vascaína resolveu se desvincular inicialmente de Júlio Brant em função de divergência de ideias. O motivo foi o mesmo que fez com que relutassem em apoiar, em um primeiro momento, o grupo de Alexandre Campello. 

A união da "Identidade" e da "Cruzada" – apoiada por grupos menores como "Pró-Vasco" e "Vira Vasco" - representa a junção das duas maiores forças de oposição do clube e um isolamento momentâneo de Julio Brant e Edmundo no enfrentamento a Eurico.

Oposição ainda pode lançar candidato único

A chance da oposição se unificar e lançar um candidato único, porém, ainda não está descartada e cresce a cada dia. Embora estejam separados atualmente, os grupos de Alexandre Campello e Júlio Brant mantém conversas e reuniões frequentes e, de acordo com pessoas ouvidas pelo UOL Esporte, a possibilidade é grande de que, no decorrer das pesquisas, o que tiver menor intenção de votos saia da disputa e declare apoio ao outro em prol da dura missão de derrotar Eurico Miranda nas urnas.

Tal ideia sempre foi um consenso entre os que não apoiam o atual presidente, mas ela sempre esbarrou nas diferenças ideológicas. No entanto, a primeira barreira – união entre Cruzada Vascaína e Identidade Vasco – já foi vencida. Resta saber agora se Júlio Brant e Edmundo vão abrir mão da candidatura e embarcar nesta aliança.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos