Cobranças táticas irritam Neymar em atrito com comissão técnica do Barça

João Henrique Marques

Do UOL, em Barcelona

  • LLUIS GENE/AFP

O final de temporada de Neymar no Barcelona está sendo marcado pela irritação. Nervoso com cobranças, o brasileiro já se indispôs com o treinador Luis Enrique e o auxiliar técnico Juan Carlos Unzué. O comportamento deixou a comissão técnica do clube pressionada em período importante de desfecho do Campeonato Espanhol e final da Copa do Rei - diante do Alavés.

A irritação de Neymar é proporcionada pela eliminação na Liga dos Campeões para a Juventus e cobranças táticas recebidas pela comissão técnica, segundo amigos do jogador ouvidos pelo UOL Esporte. Por conta disso, o camisa 11 não teve paciência para ouvir calado críticas do auxiliar técnico Juan Carlos Unzué em um treinamento do time na semana passada.

"Se seguir assim, acabará como Ronaldinho", disse o auxiliar em bronca a Neymar de acordo com o jornal Marca. Por ter uma relação próxima e ter o ex-craque do Barça como um de seus ídolos, o atacante não gostou e, então, teria subido o tom da discussão, como relatou o Mundo Deportivo, primeiro jornal a revelar o debate.

A discussão ocorreu no mesmo dia em que o UOL Esporte publicou uma reportagem dando conta do interesse de Neymar na promoção de Unzué ao cargo de treinador.  O camisa 11 não gosta da ideia de uma mudança de filosofia no trabalho atual, e por isso, o pai, Neymar da Silva Santos, já havia passado aos dirigentes a vontade do jogador.

O problema é que o cenário de discussão entre os dois gera dúvidas no clube de que o melhor a ser feito é a manutenção de Unzué. A ala favorável à contratação de um novo treinador para mudar o trabalho de Luis Enrique cresceu.

Com Luis Enrique, Neymar também já teve sérios problemas. Como a irritação pelo excesso de substituições na temporada 2014/2015, e o descontentamento por treinos avaliados como cansativos.

Em atrito mais recente, Neymar ficou bravo ao ouvir duras críticas do treinador no vestiário no intervalo da partida contra a Juventus, pelas quartas de final da Liga dos Campeões, em Turim. A bronca foi pelo atacante descumprir funções defensivas na marcação a Daniel Alves e Cuadrado. A Juventus vencia a partida por 2 a 0 - jogo terminou 3 a 0 -.

Com Neymar irritado, o Barcelona passa por momento importante na busca pelo título do Campeonato Espanhol, com a obrigação de vencer os dois jogos restantes: Las Palmas e Eibar, e ainda torcer por derrota do Real Madrid, ao menos, em um dos três últimos jogos do time (contra Sevilla, Celta de Vigo e Málaga).

O Barça lidera o Espanhol com 84 pontos, mesma pontuação do Real, mas o time de Madri tem um jogo a menos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos