Fora dos planos de Rogério Ceni no SP, Neilton negocia com Botafogo e Bahia

José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo

  • AP/Andre Penner

    Neilton não vai mais defender o São Paulo

    Neilton não vai mais defender o São Paulo

Neilton não deve mais defender o São Paulo. Emprestado pelo Cruzeiro até o fim deste ano, o jogador não faz mais parte dos planos de Rogério Ceni e negocia com Botafogo e Bahia. O atacante teve a sua última chance para mostrar serviço na quinta-feira, contra o Defensa y Justicia, da Argentina, não agradou e foi substituído.

O jogador, de 23 anos, foi envolvido em uma troca pelo volante Hudson. No total, ele havia sido utilizado apenas em 11 das 26 partidas que o clube disputou no ano e não marcou gols. Pelo contrário. Desde o primeiro jogo da temporada, na Florida Cup, contra o River Plate, ele não conseguiu desempenhar sua função, deixou o campo mais cedo mesmo depois de entrar no segundo tempo e ouviu críticas do treinador.

Nos treinamentos, o jogador era alvo das broncas de Ceni, que tentava incentivá-lo. Passado o Paulista, Copa do Brasil e a Copa Sul-Americana, o São Paulo tenta reduzir o seu elenco.

A transferência que levou Neilton ao Morumbi pode ser especialmente sentida por Rogério Ceni quando João Schmidt for de vez para a Atalanta, da Itália. Hoje, o São Paulo testa o jovem Éder Militão e procura um outro primeiro volante no mercado para fazer sombra a Jucilei. Hudson, que foi ao Cruzeiro em troca do atacante, poderia cumprir a função, só que hoje é titular absoluto de Mano Menezes e até fez um dos gols na eliminatória que eliminou o clube tricolor da Copa do Brasil.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos