Schweinsteiger fala de Mourinho e sobre treinar sozinho: "fui profissional"

Do UOL, em São Paulo

  • Christopher Lee/Getty Images

    Schweinsteiger disse não culpar Mourinho por treinar separado

    Schweinsteiger disse não culpar Mourinho por treinar separado

Bastian Schweinsteiger concedeu uma entrevista à ESPN norte-americana e falou de seus últimos meses no Manchester United. O alemão, agora no Chicago Fire, disse que não concorda com o jeito que foi tratado no clube inglês, quando chegou a treinar separadamente do time principal.

"Ao meu ver não era a posição correta, mas alguma vezes na vida acontece esse tipo de situação, quando alguma coisa não está correta e certa no seu ponto de vista, mas é preciso aceitar, eu aceitei isso", contou durante a entrevista.

Schweinsteiger disse que a ele restou aceitar a situação. "Eu disse "ok", eu aceito isso, mas ainda assim queria estar lá e queria treinar. Eu queria mostra que eu sou um jogador confiável. E era isso que eu estava fazendo no Manchester. Eu estava treinando então com primeiro time e jogando com o time principal. Isso significa que não foi fácil, quando me colocaram para treinar sozinho por três meses".

O jogador também negou que estivesse fora de forma e disse acreditar que não foi Mourinho, mas que talvez outra pessoa dentro do clube tenha pedido para que ele fosse mantido fora do elenco. "não foi isso. Foi algo diferente. A decisão foi tomada por outra pessoa. Eu acho que depois que treinei e joguei foi possível ver como eu me comportei profissionalmente", comentou.

"Foi difícil, mas eu sempre acreditei nas coisas boas. E sempre foi um sonho jogar pelo Manchester United e ajudar o time. Eu estava dando o meu melhor nos treinos também", afirmou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos