Corinthians vacina jogadores para evitar novo surto de gripe no elenco

Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

  • Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

    Corinthians busca recuperar atletas depois de um surto de gripe

    Corinthians busca recuperar atletas depois de um surto de gripe

O Corinthians viveu uma situação complicada no último sábado ao entrar em campo contra a Chapecoense com alguns jogadores gripados - no total, 12 atletas, entre titulares e reservas, estavam acometidos.

Diante dessa situação, o clube alvinegro dividiu o elenco em dois grupos para aplicar uma vacina. "Um grupo foi vacinado antes da viagem (para Santiago) e outro será amanhã (quarta-feira) ou depois (quinta) ", disse Júlio Stancati, médico do Corinthians, em entrevista ao UOL Esporte.

Stancati ainda explicou como tantos jogadores ficaram gripados. "Foi uma virose, um passou para o outro, foram quadros virais, que têm de três a cinco dias de duração. Começou logo depois da final contra a Ponte. É corriqueiro em comunidade, não foi nada grave. O pior caso foi o Moisés, que foi internado", frisou.

Após o empate com a Chapecoense em plena Arena Corinthians, o goleiro Cássio disse que alguns atletas entraram em campo depois de tomaram injeções no vestiário. 

" (A gripe) compromete um pouco o atleta, mas felizmente é passageiro. Injeção é só para melhorar o estado geral, não serve para prevenir. Precisa mesmo da vacina contra gripe", ressaltou Júlio.

Os jogadores voltaram à ativa nesta terça-feira de manhã depois de dois dias de folga. Praticamente todos estavam recuperados. Sem jogos durante a semana, o Corinthians atuará novamente no próximo domingo. O adversário será o Vitória, em Salvador.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos