Palmeiras paga R$ 10 milhões e assina contrato com Juninho até 2022

Danilo Lavieri

Do UOL, em São Paulo

O Palmeiras topou pagar 3 milhões de euros (pouco mais de R$ 10 milhões) para contratar Juninho. Desta vez, o clube não contará com o aporte da Crefisa, patrocinadora do clube que já investiu mais de R$ 75 milhões em contratações só em 2017. 

O zagueiro foi contratado do Coritiba e assinou contrato nesta terça-feira até 2022. Ele chega para compor o elenco ao lado de Antônio Carlos, Mina, Dracena, Luan e Thiago Martins. Os dois últimos ainda estão no departamento médico e não têm previsão de estreia.

O atleta chega para repor a saída de Vitor Hugo, que foi vendido para a Fiorentina por quase R$ 27,5 milhões

"Vim ao Palmeiras para mostrar o meu futebol e, se Deus quiser, seguir os passos do Henrique zagueiro e do Alex, que tiveram bastante sucesso aqui. Quero fazer com que essa fama de jogadores do Coxa aqui no clube continue. Venho com a intenção de brilhar como eles brilharam", afirmou o atleta ao site oficial do Palmeiras. 

Ele afirmou que pode até mesmo atuar como lateral esquerdo, uma das funções que Cuca pede contratação. "Jogador hoje em dia precisa fazer mais de uma função. Ano passado, fiz a lateral esquerda pelo Coritiba e, se o professor Cuca precisar, estou à disposição. Isso aumenta minha competitividade", completou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos