Cícero confirma bronca de Ceni, mas esfria polêmica no São Paulo

José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo

  • José Eduardo Martins/UOL

    O volante Cícero, do São Paulo

    O volante Cícero, do São Paulo

Cícero colocou panos quentes na polêmica com Rogério Ceni. Segundo divulgou a ESPN Brasil e confirmou o UOL Esporte, o treinador, em um momento de fúria, deu um chute em uma prancheta e acertou o volante durante o intervalo no clássico com o Corinthians, no Morumbi, pelo Campeonato Paulista.

"No intervalo, estávamos chegando ao vestiário, isso é natural, acontece em vários outros lugares, o Rogério deu um chute, não é nem prancheta, é um quadro onde ele faz explicações. O quadro caiu no chão, pegou na minha direção, resvalou no meu pé. Nem pegou em mim direito. Acontece em todos os clubes. Isso é natural, quando você ouve um treinador dar chacoalhada no vestiário, até fizemos um segundo tempo bom. Já presenciei jogadores chutando copos indignado por perder jogos. Isso é natural e acontece com vários treinadores, criaram um bicho de sete cabeças, uma situação que não tem nada a ver", disse Cícero.

O volante, que foi contratado no início desta temporada com o aval do treinador, negou que exista qualquer tipo problema pessoal com o treinador. "Quem sou eu para confrontar o maior ídolo da história do clube? O Rogério é referência para todos nós, temos muito a aprender com ele. Foi ele quem fez força para me trazer. Jogava carta com ele quando ele jogava. Sendo sincero, o trabalho dele é bom, todos falaram do São Paulo no início da temporada, mas sabemos que as eliminações pesam muito. Se falar que estamos bem, estarei mentindo, temos que botar pés no chão, calçar sandália da humildade e trabalhar", afirmou o volante, que lamentou o fato de a bronca de Rogério ter sido revelada.

"Eu gostaria de saber quem falou para a imprensa. Soltar uma coisa dessa, que não é verdade, isso não tem cabimento. Não condiz com a situação. Minha gripe permanece ainda, está no fim, meu corpo já responde melhor, estou treinando normalmente. Quando o time está bem, as coisas entram na sua cabeça e você não espera. Pode se acomodar um pouco, achar que está jogando mais", completou o jogador.

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos