A pedido de Mano, Cruzeiro sonha com Valdívia há pelo menos 6 meses

Marinho Saldanha e Thiago Fernandes

Do UOL, em Porto Alegre e em Belo Horizonte

  • Ricardo Duarte/SC Internacional

    Valdívia comemora gol do Inter diante do Cruzeiro-RS pelo Campeonato Gaúcho

    Valdívia comemora gol do Inter diante do Cruzeiro-RS pelo Campeonato Gaúcho

O interesse do Cruzeiro por Valdívia é antigo. Embora o clube tenha formalizado uma proposta nesta semana, a tentativa de contar com o meia-atacante de 22 anos vem desde janeiro, quando houve uma oferta. O jovem é um pedido de Mano Menezes.

Antes do início da atual temporada, ainda em dezembro do ano passado, o treinador chegou a solicitar à diretoria a contratação do atleta. As conversas, à época, não avançaram, sobretudo porque o Inter não tinha intenção de se desfazer de sua promessa por empréstimo.

O Colorado até aceitaria a transferência em definitivo, mas os mineiros não contavam com a quantia exigida pelo clube gaúcho. Não à toa, na sequência apostou em transações de baixo custo e trocas de atletas para formar o elenco para 2017. A segunda alternativa, à época, foi descartada pelo detentor dos direitos do meia-atacante.

Cinco meses após a primeira investida, a situação do atleta no estádio Beira-Rio foi alterada. Sem espaço na equipe comandada por Antonio Carlos Zago, Valdívia quase acertou a transferência para o Corinthians e foi cobiçado pelo Palmeiras. Contudo, devido a um imbróglio envolvendo Giovanni Augusto, o meia permaneceu no Internacional.

Ciente da disponibilidade de Valdívia no mercado da bola, a diretoria do Cruzeiro retomou as negociações e já apresentou uma oferta de empréstimo até dezembro de 2017. A ideia da Raposa é se responsabilizar integralmente pelos salários do meia-atacante de 22 anos. Hoje, ele recebe cerca de R$ 300 mil por mês em Porto Alegre.

O Internacional está inclinado a aceitar o molde apresentado. De olho em uma negociação futura, o clube gaúcho estipulará um preço alto para venda e acredita que longe de Porto Alegre ele possa recuperar seu melhor futebol. A reportagem do UOL Esporte apurou, ainda, que Valdívia também está interessado no desfecho feliz para o negócio com a transferência se concretizando.

A diferença em relação a proposta apresentada pelo Corinthians é, também, financeira. A saída de Valdívia sem a chegada de outro jogador irá aliviar a folha de pagamentos do Colorado, que se aproxima de R$ 7 milhões. Além disso, após a chegada de William Pottker e a recuperação de Eduardo Sasha, a competição por vaga no setor ofensivo do time se tornou ainda mais forte. E pela participação nos últimos jogos, até mesmo Diego tem ganho mais espaço na equipe. São, hoje, 11 jogadores para três vagas.  

O contrato do 'Poko Pika' com o Inter se encerra em encerra em 29 de junho de 2019. Ele assinou o atual vínculo em setembro de 2015. Os direitos do atleta estão fatiados entre o Internacional e seu empresário, Jair Peixoto. Delcir Sonda, do grupo DIS, possui 10% repassados pelo clube gaúcho como pagamento de uma dívida antiga. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos