Zico critica falsa expectativa do Flamengo e diz: "cheirinho é o cacete"

Do UOL, em São Paulo

  • Vinicius Castro/UOL

O ídolo do Flamengo Zico não ficou nada feliz com a eliminação da equipe carioca na fase de grupos da Libertadores da América após derrota para o San Lorenzo. Zico criticou a supervalorização do elenco e principalmente a brincadeira sobre o "cheirinho" de título falada pela torcida e até pela diretoria.

Zico soltou o verbo em entrevista ao jornal Correio Braziliense. "O problema dessa agora (eliminação) é que o Flamengo fez investimentos, gerou expectativa demais no torcedor.  A cobrança acaba sendo maior. Os caras (torcida) estavam pensando lá no Real Madrid (Mundial de Clubes).  Foi igual no ano passado, quando começou esse negócio de cheirinho. Cheirinho é o cacete! Não tem isso. Tem quem deixe se levar por isso. Aí, a sacanagem aumenta quando perde", comentou.

O ex-jogador também disse não concordar que o Flamengo tenha um grande elenco. "Venderam que o Flamengo tem um p... plantel, um time excepcional, mas não é nada disso. Os resultados da Libertadores estão aí. As pessoas falam que sou muito crítico. Eu não sou muito crítico, eu sou exigente. Não vou passar a mão na cabeça", disse.

Zico também defendeu a permanência do técnico Zé Ricardo, criticado pela torcida após a eliminação da Libertadores.

"Agora é seguir em frente. Não acho que deva trocar o técnico. O Zé Ricardo só melhora com as coisas acontecendo", analisou.

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos