Saiba como Marlon conquistou o Barcelona e virou o reforço para 2017/2018

João Henrique Marques

Do UOL, em Barcelona

  • Miguel Ruiz/FC Barcelona

Javier Mascherano olha para o preparador de goleiros do Barcelona no banco de reservas para fazer um comentário: "Que bela partida desse menino. Como joga bem". O elogio é para o brasileiro Marlon, que o substituiu emergencialmente na goleada por 4 a 1 contra o Las Palmas. A análise do argentino dá o tom do prestigio conquistado pelo defensor no clube, e a garantia de que terá mais oportunidades na temporada 2017/2018.

Cabeça erguida, passe no pé, velocidade. Aos 21 anos, Marlon tem qualidades que empolgam o Barcelona. Contratado nesta temporada para testes no Barça B conquistou rápida ascensão e virou presença frequente nos treinos do elenco profissional. O direito de compra no valor de 6 milhões de euros (cerca de R$ 20 milhões) no contrato de empréstimo de um ano com o Fluminense já foi exercido. E um anúncio de Marlon como reforço será feito ao final da temporada.

A estreia no Campeonato Espanhol diante dos Las Palmas aconteceu de forma inesperada. Marlon, de calça jeans, fone de ouvido e relaxado no banco de reservas, foi chamado por um integrante da comissão técnica do clube para colocar o uniforme e participar do aquecimento dos titulares. Mascherano reclamava de dores na coxa e ameaçava não participar do jogo.

Em Barcelona, a ausência de Mascherano minutos antes do jogo caiu como uma bomba para o time que já tinha o desfalque de Piqué. Foi aí que Marlon, seguro, e roubando a bola que originou o primeiro gol do time, gerou empolgação.

"Jogou uma partida de forma muito séria. Sem brilhantismo, mas sem erros. Surpreendeu principalmente pela frieza na hora de tocar a bola com critério", definiu o jornal esportivo catalão Sport, que deu nota 7 para a atuação de Marlon.

A empolgação com Marlon começou logo na chegada. O zagueiro atuou nos dois primeiros amistosos do Barcelona na temporada, diante do Celtic e do Leicester, e agradou o treinador Luis Enrique. A evolução ainda o levou a ser inscrito na Liga dos Campeões. O aspecto que mais agrada: jogar quase sempre com a bola no chão.

"O Marlon está bem. Estou encantado com a atitude e a disposição deles. Para isso servem os treinos e jogos, para ver as possibilidades de cada um. Ele nos dá recursos muito positivo", disse o treinador Luis Enrique.

Marlon leva vida sem ostentação

A humildade destacada no discurso de Luis Enrique também é característica de Marlon que motiva o Barcelona, clube recheado de megaestrelas e com vaidade vista como normal no elenco. Formado nas categorias de base do Fluminense e já com destaque no profissional em 2015, preferiu seguir morando em Xerém, distrito do município de Duque de Caxias. Por lá conheceu a noiva Maria, com quem tem casamento marcado para as férias de verão europeu.

Em Barcelona, Marlon não mora em casa luxuosa ou anda com carrões. E, sim, com Maria em um apartamento com a única condição de ser perto do clube. Na vida social do jogador, um dos programas preferidos é ir à igreja.

Marlon sente saudades dos amigos próximos. No ramo do futebol, os companheiros nas categorias de base do Fluminense Marcos Júnior e Kenedy (hoje no Chelsea) são os mais destacados. E, em Barcelona, tornou-se inseparável do brasileiro Werick Maciel, de 17 anos, cria da La Masia, o renomado celeiro de craques do Barça.

Werick foi quem ajudou Marlon na adaptação em Barcelona, assim como ao clube. Com a humildade já destacada o zagueiro rapidamente ganhou a admiração dos brasileiros do profissional, Rafinha e Neymar.

Marlon virou figura constante de brincadeiras nas redes sociais de Neymar e Rafinha. O relacionamento com o elenco principal, enfim, passou a ser encarado sem o medo presente no início.

"Ficava nervoso até quando treino com eles, mas busco meu equilíbrio emocional. Estava preparado para essa oportunidade e era uma situação que estava pronto para dar o máximo. Eu trabalho esperando uma chance, e hoje uma delas apareceu. Acho que estive bem em campo, seguro e com a ajuda dos meus companheiros de defesa Umtiti e Ter Stegen. Agradeço a Deus por tudo, ao treinador, aos meus companheiros e ao clube, pela confiança em mim", disse Marlon após o sucesso contra o Las Palmas

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos