1º casamento da Arena Corinthians tem noiva no vestiário e piada com rival

Dassler Marques

Do UOL, em São Paulo

  • Leandro Donato/Divulgação

    Arena Corinthians recebeu sua primeira cerimônia de casamento no sábado

    Arena Corinthians recebeu sua primeira cerimônia de casamento no sábado

"Juro repartir meu coração entre você e o Corinthians".

Foi com essa frase que Eduardo Tomaz, 26 anos, selou sua união com Franciele Canton, 22 anos, no último sábado [20]. Com músicas marcantes, convidados elegantes, noivinhos, celebrante e acima de tudo muita emoção, o casamento deles seria mais um entre tantos outros não fosse por um detalhe. Foi a primeira cerimônia do tipo realizada na Arena Corinthians, marcada por várias menções ao clube e até ao rival Palmeiras.

Unidos pelo time do coração desde o início da união em Itapeva, no interior de São Paulo, o empresário Edu e a auxiliar administrativa Fran escolheram a casa corintiana e foram escolhidos pela Arena para a noite que marcará suas vidas para sempre. Uma promessa que, há algum tempo, ela esperava que ele pudesse cumprir.

Leandro Donato/Divulgação

Presentes ao casamento de um primo de Eduardo em 2012, Fran se empolgou. Como toda mulher que sonha com o príncipe encantado, perguntou ao namorado se aquele não era o momento deles também se juntarem.

Edu, talvez por empolgação, talvez sem muita fé no time do coração naquele momento, fez uma promessa ousada. "Se o Corinthians for campeão da Libertadores, prometo que a gente se casa", recordou Franciele, logo após o 'sim' do sábado, sobre a frase do marido há cinco anos.

"Eu torci para ser campeão por dois motivos, né? [risos]. Aí o Corinthians ganhou, eu fiquei toda feliz e ele disse 'não é assim que funciona, tem que ganhar o Mundial'", se diverte a noiva ao lado de Edu, que junto dela em 2012 comemoraria não apenas o título da Libertadores, mas o Mundial conquistado contra o Chelsea.

Religiosos, eles repetiram muitas vezes durante a cerimônia "Deus tem um propósito para cada momento da nossa vida". Dita por Fran e por Eduardo para resumir o porquê de só terem se casado cinco anos depois dos títulos, a frase resumiu o sentimento de ver dois sonhos se concretizar de uma vez só. "Para nós, tudo sempre se encaixou", conta a noiva.

Pedido de casamento foi feito em jogo do Corinthians na Arena

Leandro Donato/Divulgação

O casamento deles é um bom exemplo desse encaixe. Fran e Edu foram convidados pela administração do estádio, justamente, para inaugurar o projeto "Prometo ser Fiel", que pretende receber mais noivos a partir da união deles. Se ele tivesse rapidamente cumprido a promessa feita para ela naquele ano, a cerimônia não teria ocorrido justamente no espaço inaugurado só em 2014 - e que já marca as trajetórias dos dois. 

"Fomos escolhidos entre 30 e poucos milhões de corintianos para se casar na Arena", disse Eduardo para a noiva, de microfone na mão, durante a cerimônia. "Entre milhões de mulheres no mundo, escolhi você. E a partir de hoje, quero que nossas almas se tornem uma só. Quero pertencer a você, ser seu companheiro, seu amigo, seu amante. Na dor e alegria", concluiu ele, que chegou à cerimônia ao som do Hino do Corinthians. 

Mais tradicionalista, a sorridente Franciele optou pela Marcha Nupcial em sua chegada, mas de forma alguma se opôs a casar em Itaquera. Muito pelo contrário. Estava radiante pelo 'sim' no estádio onde o time do coração já fez 101 jogos. "Quando veio o convite, nós dois adoramos a ideia. Nem pensamos [na resposta]. Fomos de cara. Dissemos 'vamos sim'", recorda Fran. 

O passo anterior na história deles, acredite, também tinha sido na Arena Corinthians. Naquele mesmo casamento do primo de Eduardo, em 2012, Fran havia provocado. "Quero que você me surpreenda quando for me pedir em casamento", recorda ele, que escolheu um clássico contra o São Paulo, em julho do ano passado, para fazer o pedido. No intervalo, no telão, ele começou a cumprir a promessa.

Yesh/Divulgação
Eduardo, pai e padrinhos, assim como Fran, passaram dia nos vestiários

A experiência, porém, precisava ser completa. E se não bastasse o pedido, o casamento e a festa, realizada no estádio logo após a cerimônia, Eduardo e Franciele tiveram o tradicional Dia do Noivo, acompanhados dos padrinhos e pais, nos vestiários do estádio. Edu só impôs uma condição: ficar no espaço dos mandantes. "O vestiário é lindo, conhecer ali é o sonho de qualquer corintiano", explicou.

Na cerimônia em si, houve até menção ao maior rival por parte de Luciano Toledo, celebrante do casamento. Ele selou a entrega de alianças com uma sutil provocação: "mesmo que o Palmeiras ganhe o Mundial, sempre serão chamados de marido e mulher".

E, no momento de encerramento, recorreu à Bíblia. Mais especificamente, a um trecho de Coríntios, claro. Tudo a ver com a história do clube do coração - e deles próprios. 

"O amor é paciente, o amor é bondoso.

Não inveja, não se vangloria, não se orgulha

Não maltrata, não procura seus interesses, não se ira facilmente, não guarda rancor.

O amor não se alegra com a injustiça, mas se alegra com a verdade.

Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.

O amor nunca perece".

Serviço

O projeto Prometo ser Fiel foi criado pela Arena Corinthians em parceria com a agência Yesh Comunicação. A ideia dos administradores do estádio, assim como no recentemente inaugurado Tour da Arena, é não apenas criar uma fonte de renda, mas estimular a relação entre corintianos e a casa inaugurada há três anos.

De acordo com os responsáveis pelo projeto, a Arena possui diversos pacotes e flexibilidade para receber de festas reservadas a outras de grande proporção, com até mil convidados. Para mais informações, visite o site www.prometoserfiel.com.br.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos