Maxwell confirma despedida do PSG e demonstra pressa para decidir futuro

Do UOL, em São Paulo

  • Charles Platiau/Reuters

    O brasileiro Maxwell foi titular e capitão do PSG em sua última partida pelo clube

    O brasileiro Maxwell foi titular e capitão do PSG em sua última partida pelo clube

Cinco temporadas depois de deixar o Barcelona, Maxwell se despede do Paris Saint-Germain. Nesse período, o brasileiro fez o suficiente para ganhar agora uma despedida digna de "gentleman" e "monsieur", termos usados pela imprensa francesa. O lateral mostrou interesse em decidir o futuro rapidamente.

"Eu gostaria de continuar no clube, mas como não vai ser possível, já veremos logo o que é possível para o futuro", disse o jogador de 35 anos após o empate por 1 a 1 com o Caen, que marcou sua emotiva despedida do clube francês.

Os colegas de Maxwell no PSG o cumprimentaram com um corredor de aplausos depois da partida. Sem chances de título francês, que já havia sido conquistado pelo Monaco com antecedência, o técnico Unai Emery presenteou o brasileiro com a titularidade e a braçadeira de capitão no último jogo.

Vale lembrar que a imprensa europeia chegou a colocar o jogador como alvo do São Paulo ainda no começo do ano, quando a janela de transferências ainda estava aberta. A especulação foi baseada na sua ligação com o clube, já que Maxwell tem parentes na diretoria do Morumbi e familiares que torcem para o Tricolor.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos