Pachequinho defende Alecsandro e projeta Coritiba melhor após derrota

Napoleão de Almeida

Colaboração para o UOL

  • Comunicação CFC

    Pachequinho defendeu Alecsandro quanto ao erro no pênalti em Santos

    Pachequinho defendeu Alecsandro quanto ao erro no pênalti em Santos

Para o técnico do Coritiba, Pachequinho, a derrota de sábado por 0 a 1 para o Santos na Vila Belmiro serviu para comprovar que o time está "no caminho certo". O revés poderia ter sido evitado se o Coxa convertesse um pênalti já no final do jogo. "É claro que a gente fica triste pela derrota, mas é um jogo que nos dá a certeza que estamos no caminho certo pela postura que tivemos. Impomos nosso ritmo diante do Santos, variamos jogadas e criamos inúmeras situações. O Vanderlei esteve em uma tarde feliz e evitou nossa vitória", disse o treinador.

O ex-goleiro coxa-branca foi destaque na rodada, agora com a camisa do Santos. Defendeu um pênalti batido pelo recém-chegado Alecsandro, que poderia ter dado ao Coritiba ao menos um ponto na Vila Belmiro. Na hora da cobrança, Alecsandro, Tomás Bastos e Kléber debateram sobre o batedor, prevalecendo a vontade do novo contratado. Ele bateu e Vanderlei defendeu, garantindo a vitória santista.

Pachequinho defendeu o atacante: "Teria que ser o Alecsandro, ele já passou por esses momentos e está acostumado. Eu vejo mais méritos do Vanderlei [goleiro do Santos] do que erro do Alecsandro. Ele foi muito feliz, rápido, tem envergadura boa, méritos totais. O Alecsandro não perdeu. Quem defendeu foi o Vanderlei." O treinador minimizou o tropeço e projetou um desempenho melhor diante do Vitória, próximo adversário do Coxa: "Saímos de cabeça erguida, nossa perspectiva é muito boa. O Vanderlei viveu uma tarde perfeita."

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos