AFA pretende oficializar Sampaoli até quinta; Verón convocou a seleção

Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação/Sevilla FC

Juan Sebatián Verón tem desempenhado "tripla função" em momento delicado do futebol argentino: além de presidente e jogador do Estudiantes, também convocou a seleção local para os amistosos contra Brasil e Cingapura, em junho. A informação foi dada por Víctor Blanco, presidente do Racing e secretário-geral da AFA (Associação do Futebol Argentino), em entrevista ao jornal espanhol "ABC de Sevilla", na qual também revelou que a organização pretende fechar com Jorge Sampaoli para treinador até quinta-feira (25). 

Por enquanto, desde a saída de Bauza, a Argentina está sem comandante. A AFA havia informado que a convocação tinha sido decidida por órgão colegiado, um comitê executivo, mas Blanco deixou bem claro à publicação estrangeira que a lista foi feita por Verón.

"Quem fez a convocação da seleção na sexta-feira passada?", perguntou o repórter, ao que o cartola respondeu: "Foi o secretário de seleções, Verón". 

O jornalista acrescentou: "Li que você disse que teria sido Sampaoli. Foi assim?" Víctor Blanco insistiu que foi Verón e prosseguiu: "Suponho que ele [Verón] tenha tido aval de Sampaoli. Imagino que tenha sido assim, sim". 

Atualmente no Sevilla, Jorge Sampaoli é o mais cotado para assumir o cargo vago de treinador da seleção argentina - e, mesmo sem contrato, já estaria opinando nas convocações da equipe, admite o secretário-geral da AFA. "O que todos pretendemos é que até quinta-feira já seja oficial e que Sampaoli possa iniciar seu trabalho como técnico", disse na entrevista. 

O empecilho para a AFA na negociação tem sido o presidente do Sevilla, José Castro, que exige pagamento para liberar o treinador. Víctor Blanco disse contar com o bom relacionamento do mandatário do time espanhol com Daniel Angelici, vice-presidente da AFA, para avançar nas conversas. "Se eu fosse Castro, também pediria uma indenização, mas primeiro queremos sentar para discutir o assunto", afirmou. 

Talvez com Sampaoli, a seleção argentina enfrentará o Brasil e Cingapura nos dias 9 e 13 de junho, respectivamente - os dois jogos serão na Austrália. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos