Ceni sobre fair play: "Talvez R. Caio e Tite sejam pessoas melhores que eu"

Do UOL, em São Paulo

O técnico Rogério Ceni reconheceu em entrevista ao programa "Bem, Amigos!", do SporTV, nesta segunda-feira (22), que fez cobranças ao zagueiro Rodrigo Caio por conta do episódio do fair play ocorrido no clássico contra o Corinthians, em abril. Ceni usou de ironia e citou também o técnico da seleção brasileira, Tite, que elogiou o ato do atleta são-paulino.

Na ocasião, Rodrigo Caio avisou ao árbitro que Jô não havia feito falta sobre o goleiro Renan Ribeiro, evitando que o centroavante alvinegro recebesse cartão amarelo e fosse suspenso do jogo seguinte no Campeonato Paulista. O São Paulo acabou eliminado pelo Corinthians.

"Minha posição não é tomada em frente às câmeras, depois de analisar todas as situações. Ela é tomada única e exclusivamente na hora do jogo. Com relação ao ato que o Rodrigo Caio comentou, quando ele falou para mim que fez a menção ao não cartão com o Jô, eu até discordo, o Jô empurrou o Rodrigo Caio e poderia ter sido punido com cartão amarelo. Talvez o Rodrigo e o Tite sejam pessoas melhores do que eu", disse Ceni.

O UOL Esporte revelou, na época, que a atitude de Ceni chegou a gerar mal estar com o defensor. O gesto gerou discordância dentro do elenco são-paulino.

"Dentro do calor do jogo, estou pensando sempre na vitória. Mas não confundam, por favor, em um mundo de tanta corrupção, não confundam um ato de um cartão amarelo, não cheguem a comparar com a política, seria injusto tanto com ele [Rodrigo Caio] quanto comigo. Eu cobro todos os jogadores, e no dia do jogo perguntei se ele sabia que o Jô tinha dois cartões. Mas talvez o Tite e o Rodrigo sejam pessoas melhores do que eu", repetiu.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos