Conheça a escola que faz técnicos italianos vencerem em gigantes da Europa

Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação

    A escola de Coverciano fica no complexo de treinamento da Itália

    A escola de Coverciano fica no complexo de treinamento da Itália

Nesta temporada, treinadores italianos conquistaram pelo menos quatro títulos nacionais importantes na Europa: Inglês, Italiano, Alemão e Russo. Em comum, além da nacionalidade, eles têm a passagem por um lugar que há décadas lança técnicos de primeiro nível. Trata-se do Centro Técnico de Coverciano, uma escola referência no futebol europeu.

Localizado no centro de treinamento da federação italiana, Coverciano concede a licença da Uefa que outras escolas também oferecem. Mas a diferença, segundo análises de treinadores, está na dinâmica oferecida pela instituição.

Os técnicos vão duas vezes por semana ao curso durante um ano. Ao fim desse período, ficam um mês na escola preparando e defendendo a tese que elaboraram durante os 12 meses anteriores. Esse processo e a intensa troca de ideias entre técnicos já em atividade enriquecem o aprendizado.

Entre os campeões desta temporada, passaram por Coverciano: Massimiliano Allegri, da Juventus, Antonio Conte, do Chelsea, Carlo Ancelotti, do Bayern de Munique, e Massimo Carrera, do Spartak Moscou.

Considerando só o milionário Campeonato Inglês, quatro técnicos italianos faturaram o título nas últimas oito edições: Ancelotti (09-10, pelo Chelsea), Roberto Mancini (11-12, pelo Manchester City), Claudio Ranieri (15-16, pelo Leicester) e agora Conte.

Também estudaram em Coverciano nomes históricos como Arrigo Sacchi, Fabio Capello, Giovanni Trapattoni e Marcelo Lippi, entre outros. Segundo o diretor da escola e presidente da associação de técnicos da Itália, Renzo Ulivieri, duas expressões são proibidas durante o curso: "na minha época" e "meu futebol".

"Se alguém diz isso é reprovado. Não existe algo como o 'futebol italiano'. Aqui não é uma fábrica. Defendemos que o futebol tem a ver com a flexibilidade da tática. O futuro será de equipes que podem 'mudar de roupa': defendem de uma forma e atacam de outra", opinou Ulivieri ao "The New York Times".

Enquanto os treinadores discutem o tema e tentam melhorar a formação no Brasil, o curso da escola de Coverciano voltada para técnicos existe desde 1968. E os italianos vão acumulando títulos desde então.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos