Flamengo acertou ao vender Vinicius Jr. ao Real Madrid? Blogueiros opinam

Do UOL, em Santos (SP)

  • RUDY TRINDADE/FRAMEPHOTO/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO

    Vinicius Jr. terá direitos federativos transferidos ao Real a partir de julho de 2018

    Vinicius Jr. terá direitos federativos transferidos ao Real a partir de julho de 2018

Real Madrid e Flamengo oficializaram nesta terça-feira (23) o acordo pelo jovem Vinicius Júnior, de apenas 16 anos. Os merengues pagaram 45 milhões de euros (cerca de R$ 164 milhões) pelo jogador, que deu ao clube rubro-negro a segunda maior venda da história do futebol brasileiro, ficando atrás apenas de Neymar. Diante disso, convidamos os blogueiros do UOL Esporte a comentarem sobre a negociação: O Flamengo acertou em vender Vinicius Jr.? Foi melhor para os dois (clube e jogador)? Confira as opiniões:

Alexandre Praetzel

O valor de R$ 164 milhões é irrecusável por um menino de 16 anos, ainda sem disputar muitas partidas pelos profissionais. Infelizmente, não temos como concorrer com o futebol europeu. Apesar do talento de Vinicius, não existe nenhuma garantia de que ele vá estourar e ser um jogador extraordinário. Ficará no Brasil, será mais lapidado no Flamengo e chegará ao Real Madrid com o tempo necessário para se adaptar, aos 20 anos de idade. Foi o melhor para os dois, sem dúvida.

André Rocha

A saída do jovem talento revelado pelo clube antes de entregar pelo menos cinco anos de futebol de qualidade no profissional nunca é boa. Mas agora, com os gigantes europeus mapeando o mundo todo e atraindo os sonhos juvenis pelo videogame isso é inevitável. Considerando o contexto, o negócio foi muito bom para o Flamengo. Recebeu uma quantia altíssima por um jogador de 16 anos e poderá tê-lo, no melhor dos cenários, até 2019. Para o Real Madrid é aposta, mas certamente houve um estudo minucioso incluindo aspectos psicológicos e fisiológicos para investir tanta grana. No melhor dos mundos ele já sai do Brasil pronto no ano que vem. Parece mesmo ser um fenômeno o Vinicius Jr.

Avallone

Pelo lado financeiro, obviamente o Flamengo acertou. Está vendendo uma promessa - ainda que uma grande promessa - por mais de 150 milhões de reais. Vi Vinicius Jr. jogar pela seleção Sub-17 e ele demonstrou habilidade, personalidade, determinação. Deve dar craque, mas tem 16 anos: quem garante que, mais tarde, será o mesmo? Não deixa de ser uma aposta. Neste momento, a transferência de Vinicius Jr parece ser boa, muito boa, para o jogador e para o Flamengo. Mas o velho futebol, sabe como é, de repente pode pregar uma de suas surpresas e o atacante se transformar em fenômeno raro. Aí, o que fazer? Faz parte das apostas do jogo.

Juca Kfouri

Não fez bem, porque mais uma vez exporta o artista, não o espetáculo. Não fez mal, porque não lhe restou outro caminho no saco sem fundo que é nosso futebol. Mas jamais comemorarei a venda de um jogador. Fico é triste.

Julio Gomes

Acertou. É um valor muito alto para um jogador ainda incerto. No futuro, o valor pode parecer uma pechincha. Mas são tantas coisas que podem fazer um jogador não virar... Acho um bom negócio para o clube. Até porque ainda pode se beneficiar esportivamente por um ou dois anos.

Marcel Rizzo

Apesar de o garoto ter apenas 16 anos, é um dinheiro alto que o Flamengo não poderia abrir mão. Vinicius aparenta ser um jogador diferenciado, mas é impossível prever se realmente vai estourar -- há ainda questões que não têm relação com talento, como lesões, que podem acontecer e prejudicar a carreira. Há outro ponto também nessa negociação, feita às claras, com o Real Madrid procurando o clube e pagando valores altos e negociados entre as partes, diferente, por exemplo, do que aconteceu com Neymar, Barcelona e Santos, que até hoje discutem na Justiça qual o verdadeiro valor dessa transação.

Menon

Não vejo outra opção para o Flamengo ou qualquer outro time brasileiro diante de uma oferta desse tipo. A utopia é que algum dia haja margem de manobra para nossos clubes.

PVC

Acho que não tinha muito que fazer. Porque o Brasil se acomodou com a ideia de que o jogador nasce para ser vendido. É isso que tem de mudar. No caso do Vinicius Júnior, Flamengo conseguiu o maior dinheiro recebido por um clube brasileiro e pode manter o jogador por um ou dois anos. Talvez até 2019, dependendo do que o jogador decidir daqui a um ano. Deste ponto de vista, pode conseguir vantagem técnica, por contar com o jogador, e econômica.

Ricardo Perrone

Foi bom para os dois, mas para jogador e clube seria melhor se ele se firmasse no Flamengo, ajudasse o time a conquistar títulos e fosse vendido já como uma realidade, valendo muito mais. Porém, quem garante que o garoto vai se tornar um dos melhores do mundo? A diretoria do Flamengo é quem mais pode avaliar esse potencial e a única que conhece a necessidade dos cofres do clube. Assim, não pode ser condenada ao vender um atleta que por enquanto é só uma promessa em troca desse caminhão de dinheiro. Ainda por cima podendo ficar mais um ano com ele. O Real arriscou mais do que o Fla.

Rodrigo Mattos

Flamengo foi muito bem na negociação de Vinicius Jr. Pela regra da Fifa, que restringe contratos com menores a três anos, só conseguiu contrato até 2019 e poderia perdê-lo de graça. Diante disso, acertou ao articular uma renovação casada com venda com o Real Madrid, o que aumentou sua renda para além da multa original de 30 milhões de euros. O jogador preferiu o Real, o que é uma escolha arriscada pela falta de histórico jovens que estouram no clube. Mas seu talento pode compensar isso.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos