Jornal: Família de Pep Guardiola estava em ataque terrorista em Manchester

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução/Instagram

    Pep Guardiola e suas filhas

    Pep Guardiola e suas filhas

A mulher do técnico Pep Guardiola, Cristina Serra, e as duas filhas do casal, Valentina e Maria, estavam presentes no show de Ariana Grande, em Manchester, que sofreu um ataque terrorista. A informação é do jornal catalão Mundo Deportivo.

A publicação da Espanha assegurou que a família do técnico do Manchester City está bem, embora chocada com o ataque que teve 22 mortos, incluindo crianças, e mais de 60 feridos.

Por meio de sua conta oficial no Twitter, o técnico Pep Guardiola postou uma mensagem de apoio às famílias das vítimas. "Estou em estado de choque. Não posso acreditar no que aconteceu na última noite. Minhas profundas condolências às famílias e aos amigos das vítimas", escreveu o treinador.

De acordo com a polícia de Manchester, a explosão na arena com capacidade para 21 mil pessoas foi causada por um homem-bomba.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos