Modesto vê Santos sobrecarregado e rebate polêmica em aquisição de Noguera

Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação/Santos FC

O presidente do Santos, Modesto Roma Jr., admitiu que alguns jogadores do elenco estão "sobrecarregados" neste início da temporada. Em entrevista à rádio "Jovem Pan", o dirigente citou o volante Renato e o meia Lucas Lima, como os que mais tem sofrido.

"Quando você tem o Thiago Maia em uma fase que não é a melhor dele, o Renato fica sobrecarregado", afirmou Modesto. "O Lucas (Lima) estava tão sobrecarregado que não foi só o pontapé que o tirou do jogo. Se ele leva um pontapé no ápice da forma, não tirava ele no jogo. A lesão foi causada por uma instabilidade ao levar o pontapé, pela fraqueza muscular que ele já vinha sentindo pela sequência de jogos".

No jogo contra o Coritiba, no último sábado (20), Lucas Lima deixou o campo logo aos quatro minutos do primeiro tempo por causa de uma lesão. Exames realizados na segunda-feira (22) confirmaram uma contusão no músculo posterior da coxa direita do meia. Ele está vetado para as partidas contra o Sporting Cristal e Cruzeiro e corre risco de ser cortado da seleção brasileira.

Durante a entrevista, Modesto também falou sobre a polêmica contratação do zagueiro Fabián Noguera. O empresário Luiz Taveira admitiu ter contratado o jogador depois de viajar para a Argentina e ouvir indicações de um garçom, um taxista e um jornaleiro.

"Absolutamente normal que se fale com o motorista de taxi, com o garçom, porteiro do hotel", afirmou Modesto. "Aí você pega uma frase dentro de um contexto, tira do contexto e faz um escândalo em cima disso. Chega, né".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos