Pivô de escândalo na Inglaterra, técnico deixa Crystal Palace e se aposenta

Do UOL, em São Paulo

  • Anthony Devlin/AFP

O treinador inglês Sam Alladyce, de 62 anos, anunciou decisão de deixar o Crystal Palace e se aposentar do futebol. Pivô de escândalo em 2016, quando comandava a seleção local, o profissional alegou "razões pessoais" como ponto fundamental para a atitude. 

Em comunicado, Allardyce agradeceu ao time londrino por tê-lo deixado sair "de cabeça erguida" do esporte. Na temporada recém-encerrada, ele salvou o Crystal Palace do rebaixamento com apenas cinco meses de trabalho - foi contratado em dezembro do ano passado. 

"Quero poder aproveitar e desfrutar de todas as coisas de que não consigo com as exigências 24 horas por dia, sete dias da semana, de treinar um clube, sobretudo um no Campeonato Inglês", explicou. 

Allardyce não tinha passagem por grandes clubes quando foi escolhido para treinar a seleção inglesa, em 2016. Seu período à frente da equipe nacional durou apenas 67 dias e se encerrou pela repercussão de um caso que lhe envolvia em fraude no sistema de transferências do país

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos