City e Fifa batalham contra o Velez na CAS por transferência de garoto

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução

O Manchester City e Fifa brigarão contra o clube argentino Velez Sarsfield na CAS (Corte Arbitral do Esporte). Tudo por conta da transferência do garoto Benjamin Garré, de 16 anos, ao clube inglês.

O clube argentino questiona a legalidade da ação de transferência de Garré ao City com relação às regras de transferência de menores de idade. A apelação na CAS acontecerá dia 3 de julho.

O City se defende dizendo que Garré poderia se registrar no futebol inglês por ter passaporte europeu. A Fifa respeita as leis da União Europeia sobre a livre circulação de jovens de 16 e 17 anos.

Em setembro de 2016 a Fifa julgou que "não há justificativa para que seja aberto procedimento disciplinar contra o City", o Valez apelou e agora a entidade estará ao lado do City na batalha. 

No entanto, se a CAS aceitar a apelação do Velez, o City pode ser punido e ser proibido de comprar jogadores, o que é improvável, segundo a imprensa europeia.

Em junho de 2016 Garré foi para o City, ainda com 15 anos após se destacar na base do Velez Sarsfield e virou nome frequente nas listas da seleção argentina de base.

O jovem é neto de Oscar Garré, que foi campeão da Copa do Mundo de 1986. Cobiçado por grandes europeus apesar da pouca idade, chegou a treinar nas categorias inferiores do Manchester United, mas o atleta retornou ao Velez em meio a propostas de times grandes antes do acerto com o City.

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos