Leila estreia como "conselheira especial" e recebe até salva de palmas

José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo (SP)

  • Divulgação

    Leila Pereira debutou no Conselho Deliberativo do Palmeiras na noite da última terça

    Leila Pereira debutou no Conselho Deliberativo do Palmeiras na noite da última terça

Antes de decidir o futuro na Copa Libertadores da América nesta quarta, o Palmeiras viveu uma noite importante na última terça-feira - politicamente falando. Em reunião na qual o presidente Mauricio Galiotte anunciou a inserção de uma estrela vermelha em homenagem à Copa Rio de 1951 no uniforme, Leila Pereira estreou como conselheira eleita.

A empresária compareceu à reunião ao lado do marido, também proprietário da Crefisa e conselheiro eleito José Roberto Lamacchia, e recebeu uma menção especial durante o encontro. Apesar de marcar a estreia de outros membros eleitos para o Conselho Deliberativo do clube, ela e o marido conviveram com um tratamento diferente.

O momento destoante de reuniões comuns ocorreu durante o depoimento de José Corona Neto. O conselheiro, que falou sobre a saída de Eduardo Baptista e questionou a saída de Lucas Barrios para o Grêmio, terminou o discurso com um elogio ao casal responsável pelo patrocínio palmeirense.

O agradecimento pelo apoio financeiro veio acompanhado de um pedido de uma 'salva de palmas' para Leila e José Roberto. Quem apoiou a eleição da empresária, alvo de polêmica pelo registro de sócio, seguiu a recomendação, enquanto o grupo oposicionista, que alega 'quebra do estatuto' para beneficiar a empresária no pleito, repudiou.

O nome de Leila Pereira gera discórdia dentro do Conselho Deliberativo do Palmeiras e a atitude de Corona Neto, consequentemente, também. O conselheiro responsável por incentivar os aplausos ao casal estreante, no entanto, se defende e justifica o porquê desta atitude.

"A Leila [Pereira] é uma conselheira 'especial' por ajudar o Palmeiras com mais de R$ 100 milhões de patrocínio. Todo mundo quer estar perto de alguém que bota esta quantia para ajudar o Palmeiras. Falei o que penso como torcedor e sei que o torcedor sente isso", disse Corona Neto, em conversa com a reportagem do UOL Esporte.

"Todo mundo estar do lado dela é fundamental para o Palmeiras ser o maior time do Brasil e ter o patrimônio líquido positivo, dando condições de ter um elenco de ponta", acrescentou ao ser perguntado sobre o motivo de citar especialmente Leila e o marido na reunião.

O discurso de José Corona Neto serviu para 'anunciar' a estreia de Leila Pereira no Conselho Deliberativo. A empresária aproveitou também a primeira vez dentro do grupo para registrar o encontro nas redes sociais. A foto com a nova camisa, com a estrela vermelha da Copa Rio de 1951, não poderia faltar.

 

O apoio do conselheiro, seguido por boa parte de antigos membros, não é unânime, inclusive entre a diretoria executiva, comandada pelo presidente Mauricio Galiotte. Três vices (Genaro Marino Neto, Victor Fruges e José Carlos Tomaselli) votaram contra a homologação do nome de Leila Pereira ao Conselho Deliberativo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos