'Desrespeitosas', diz diretor do Vasco sobre críticas de Rodrigo

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Rafael Ribeiro / Florida Cup

    Nenê e Rodrigo: um já deixou o clube, o outro vive situação delicada na reserva

    Nenê e Rodrigo: um já deixou o clube, o outro vive situação delicada na reserva

O diretor Anderson Barros rebateu nesta quinta-feira (25) as críticas do zagueiro Rodrigo à gestão do Vasco no futebol. O atual defensor da Ponte Preta disparou contra o dirigente e o técnico Milton Mendes em entrevista à TV Globo.

"Achei as palavras desrespeitosas e deselegantes. Ele não tinha o direito. Muitas coisas colocadas não são verdadeiras. O Vasco está acima de tudo. Me importo apenas com o que estamos fazendo e o que achamos melhor para o clube. O processo de hierarquia é muito claro", disse Barros.

"O Vasco tem uma estrutura definida, com presidente, vice-presidente e um gerente de futebol. Todas as decisões são encaminhadas com essa hierarquia. No caso do Rodrigo, o clube tomou a decisão que precisava. Tínhamos motivos e razões. Estamos aqui para tomar decisões", completou.

Sobre a previsão de Rodrigo de que o meia Nenê terá o mesmo destino e sairá do Vasco, Anderson Barros rebateu de forma contundente.

"O Rodrigo encerrou o ciclo no Vasco. O Nenê é um ídolo do clube. Ele está no banco por opção técnica. Somente por isso. Contamos com o Nenê", encerrou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos