Ney Franco é demitido do Sport após vice na Copa do Nordeste

Roberto Oliveira

Colaboração para o UOL, em Recife

  • Reprodução/Divulgação

    Ney Franco ficou apenas dois meses no comando do rubro-negro pernambucano

    Ney Franco ficou apenas dois meses no comando do rubro-negro pernambucano

Ney Franco não é mais treinador do Sport. Ele não resistiu ao vice-campeonato da Copa do Nordeste e foi demitido na madrugada desta nesta quinta-feira (25). O anúncio foi feito pelo vice-presidente de futebol, Gustavo Dubeux, após a derrota por 1 a 0 na decisão contra o Bahia na Fonte Nova.

O auxiliar Daniel Paulista assume o comando interino da equipe já a partir da próxima partida do Leão da Ilha, no próximo domingo, contra o Grêmio pelo Brasileirão.

"Quero agradecer ao Ney Franco pelo dia a dia. Pelas dificuldades que ele teve, com muitas competições, jogo a cada três dias, ele fez um bom trabalho. Entendemos que ele teria um clima difícil para continuar no comando técnico do Sport e decidimos mudar", afirmou Dubeux, também ex-presidente do clube.

Em entrevista coletiva após o vice-campeonato, Ney Franco afirmou que praticamente não teve tempo para treinar a equipe com o acúmulo de partidas e competições. Até a noite desta quarta, o Sport disputava o Pernambucano, Copa do Nordeste, Sul-Americana, Copa do Brasil e o Brasileirão.

"A diretoria se reuniu comigo e entende que a pressão é muito grande, torcedores, conselheiros, é uma decisão que respeito. Hoje eu estou fazendo dois meses de Sport, cheguei com jogo domingo, quarta e domingo, não tivemos nenhum intervalo de meio de semana, praticamente não houve treinamentos, sempre com lesões no departamento médico, tivemos dificuldades de um jogo para o outro, mesmo assim conseguimos passar por cinco mata-matas, perdemos a primeira, e era uma final, mas saio com a consciência tranquila", declarou Ney Franco.

Apesar de chegar a duas finais e se manter vivo nas competições que disputou sob comando de Ney Franco, o Sport chegou à decisão da Copa do Nordeste pressionado. A equipe vinha de cinco jogos sem vitória e havia perdido as últimas cinco partidas fora de casa. 

Ney Franco comandou o Sport em 17 jogos. Foram seis vitórias, quatro empates e sete derrotas: aproveitamento total inferior a 45%.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos