Clube argentino mira contratação de Ezequiel Lavezzi para 2018

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução

Treinador do Rosario Central, Paolo Montero alimenta sonho ambicioso: contratar Ezequiel Lavezzi, atacante argentino que joga no futebol chinês e atualmente é dono do maior salário do mundo da bola. Em entrevista à emissora "TYC Sports", assegurou que o atleta "morre de vontade" de defender o clube. 

Aos 32 anos, Lavezzi tem contrato com o Hebei Fortune só até o fim de 2017 - a partir de então, estará livre para definir seu futuro. O Central conta com isso para driblar a questão financeira e convencê-lo a voltar a jogar na Argentina. A transação, portanto, não seria para esta janela. 

"Já houve uma conversa com seu irmão e, no dia 31 de dezembro, falamos com Lavezzi", revelou Montero. "O sonho dele é que o irmão e o filho o vejam com a camisa do Central", disse. 

Lavezzi jogou apenas quatro anos no futebol argentino - dois pelo Estudiantes de Buenos Aires e dois pelo San Lorenzo, que o projetou para o cenário internacional. Na Europa, defendeu Napoli e Paris Saint-Germain, até que aceitou a proposta dos chineses. 

Montero é ex-jogador e, em fim de carreira, jogou junto com Lavezzi no San Lorenzo. Ele conta com o bom relacionamento para convencer a estrela. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos