Barcelona busca salvar temporada em despedida de Luis Enrique

João Henrique Marques

Do UOL, em Barcelona

  • AP Photo/Manu Fernandez

Acostumado com títulos, o Barcelona tem uma obrigação a cumprir neste sábado. É a conquista da Copa do Rei na final contra o Alavés, no Vicente Calderón, em Madri. O jogo também é especial pela despedida de Luis Enrique após três temporadas no comando do time.

Com o treinador são oito títulos conquistados (dois do Campeonatos Espanhol, duas Copas do Rei, duas Supercopas da Espanha, uma Liga dos Campeões e uma Recopa). Mais importante do que isso, o comandante da equipe superou problemas de relacionamento como com Messi em 2015, por exemplo – brigou com o argentino por conta do esquema tático do time -, e ganhou o apreço do elenco.

"Posso dizer que ele (Luis Enrique) teve momentos de relacionamento complicado, mas no final acabou conquistando o vestiário. Queremos que ele se despeça glorificado, com um ótimo jogo e o título", destacou o zagueiro Piqué na véspera da decisão.

"Deixo o Barcelona satisfeito com o que plantei. Não é uma escola criada, mas a preservação da filosofia. Tenho certeza que o clube vai prosperar na próxima temporada", destacou Luis Enrique.

O compromisso final do treinador no Barça é considerado pela imprensa local como a oportunidade de salvar uma temporada ruim. O motivo, principalmente, é o sucesso do arquirrival Real Madrid.

"O Real já tem um título (Campeonato Espanhol) de valor maior e ainda a possibilidade de conquistar a Europa. Se o Barcelona perder para o Alavés, que é em um pequeno, será um dos maiores anos da história do Real", destacou Bruno Alemany, da rádio Cadena Ser.

Pode parecer duelo tranquilo, mas a a verdade é que a final da Copa do Rei é desafio complicado para o Barcelona. O adversário, o Alavés, chegou para a decisão da competição de maneira invicta, com cinco vitorias e três empates. O que impressiona ainda mais é o time ter sofrido apenas três gols no torneio.

Além disso, o Alavés já venceu o Barcelona no Camp Nou nesta temporada – 2 a 1 em setembro. Como detalhe final, vale lembrar que o Barça tem o desfalque de Luis Suárez, suspenso.

"O que ninguém duvida aqui é que será um jogo duro. Precisamos ter concentração para não cometer os deslizes que o Alavés espera. O campo (Vicente Calderón) de grama alta também os favorece", lembrou Luis Enrique.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos