Ônibus do Vasco quebra, e atletas vão de táxi para clássico contra o Flu

Bruno Braz e Pedro Ivo Almeida

Do UOL, no Rio de Janeiro

O Fluminense não foi o primeiro obstáculo que os jogadores do Vasco tiveram de enfrentar neste sábado (27), em clássico válido pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro. Pouco antes de a bola rolar em São Januário, no Rio de Janeiro (RJ), o time cruzmaltino, que venceu por 3 a 2, encarou um roteiro digno de ficção: o ônibus que transportava a equipe teve um problema mecânico na Linha Amarela, via expressa que liga a Barra da Tijuca a São Cristóvão, e os atletas ficaram a pé. Como não havia um veículo reserva, a solução foi usar táxis para chegar a tempo ao estádio.

O comboio de táxis com jogadores do Vasco desembarcou em São Januário apenas às 15h (de Brasília), uma hora antes do início do clássico com o Fluminense. Foram pelo menos sete veículos para conduzir todo o elenco, e a diretoria ainda não se pronunciou sobre o episódio. 

A solução emergencial foi a saída encontrada pelos vascaínos para evitar atrasos ainda maiores. O ônibus que transportava a equipe teve um problema em frente à casa noturna Barra Music, na Barra da Tijuca, bairro da zona oeste do Rio de Janeiro em que o elenco estava concentrado.

O protocolo nesse tipo de caso é o uso de um ônibus reserva, mas o Vasco também não pôde recorrer a seu segundo carro. O veículo está com a equipe sub-17, cujo bólido principal sofreu um grave acidente no dia 13 de maio – houve pelo menos nove feridos.

UOL Esporte

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos