PM culpa álcool e diz que brigas no Rio foram entre torcidas do mesmo time

Leo Burlá

Do UOL, no Rio de Janeiro

Os incidentes no clássico entre Vasco e Fluminense, em São Januário, foram causados por torcedores do mesmo clube, de acordo com o major Silvio Luiz, do Grupamento Especial de policiamento em Estádios (GEPE).

Segundo o policial, os problemas não envolveram vascaínos e tricolores. Ele estima que seis detenções tenham sido efetuadas.

"Um torcedor do Fluminense foi pego quebrando o banheiro e foi encaminhado para o Juizado, O altíssimo teor alcoólico dificulta muito a nossa ação, mas não houve nenhum confronto entre os torcedores dos clubes rivais", afirmou o oficial.

Mandante da partida, o Vasco optou por realizá-la em São Januário, estádio que, inicialmente, por medidas de segurança das autoridades, só poderia receber clássicos no formato 90% a 10%.

Antes do jogo, torcedores vascaínos fizeram pichações com frases provocativas e colocaram bexigas na entrada dos visitantes de São Januário para recepcionar o Fluminense neste sábado.

No chão da rua em frente a São Januário foram feitas pinturas com as frases de provocação, além de uma faixa com a frase "Eterna Série C". Além disso, foram penduradas bexigas e adereços na entrada dos visitantes.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos