Auxiliar que discutiu com Neymar deixa Barça para assumir Celta

Do UOL

Em São Paulo

  • Manu Fernandez/AP

    Juan Carlos Unzué, auxiliar técnico do Barcelona

    Juan Carlos Unzué, auxiliar técnico do Barcelona

Juan Carlos Unzué deixou o Barcelona e vai assumir o comando técnico do Celta. O agora ex-auxiliar de Luis Enrique discutiu com Neymar e outros jogadores da equipe blaugrana no início de maio, que causou mal-estar dentro do clube.

"Juan Carlos Unzué encabeçará o corpo técnico do Celta pelas próximas temporadas", afirma o comunicado da equipe espanhola.

Unzué era cotado para substituir Luis Enrique, mas depois de um jornal espanhol revelar as discussões, o auxiliar perdeu forças internamente e sequer sua permanência era confirmada – a saída foi revelada neste domingo.

O ex-goleiro assinou contrato válido dois anos e retorna ao clube em que trabalhou há três anos.

Na época, Unzué era o braço direito do próprio Luis Enrique no Celta. Agora, com ele, também chegam o auxiliar Robert Moreno, do preparador Rafael Prol e do psicólogo Joaquín Valdés. Todos fizeram parte da comissão técnica da equipe galega em 2013/2014.

Após pendurar as chuteiras, em 2003, o novo comandante do time de Vigo se tornou preparador de goleiros do Barça, ficando sete anos na função. Depois, em 2010, virou técnico e assumiu o Numancia, ficando por uma temporada. Teve rápida passagem pelo Racing Santander, até começar a trabalhar com Luis Enrique.

No Celta, Unzué sucederá Berizzo, que é o mais cotado para assumir o Sevilla, depois da oficialização da saída do também argentino Jorge Sampaoli, que passará a comandar a seleção do país de origem.

Com informações da agência EFE

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos