Ronaldinho participa de jogo festivo na despedida do Vicente Calderón

Do UOL, em São Paulo

Poucos atletas são capazes de receber aplausos no Camp Nou, Santiago Bernabéu e, agora, Vicente Calderón. Esse é o caso de Ronaldinho Gaúcho, que neste domingo participou da festa de despedida do estádio do Atlético de Madri e foi ovacionado. A cerimônia promovida pelo clube colocou frente a frente ídolos de épocas distintas do time e lendas do futebol mundial.

Com a ajuda de Ronaldinho e do também brasileiro Marcos Senna – este naturalizado espanhol –, os convidados de diferentes culturas e etnias vestiram a camisa verde da ONG argentina Scholas Ocorrentes e levaram a melhor por 5 a 4: Caniggia, Higuita, Yarmolenko, Blanco e Román marcaram para os visitantes, enquanto Torres, Pedro, Alejandro Sánchez e Pedraza descontaram para os colchoneros.

Ao lado de Gabi, Ronaldinho também ajudou a plantar uma oliveira que, segundo o clube, representa a paz. Prestes a ser substituído pelo novo estádio Wanda Metropolitano, o Calderón foi inaugurado em 2 de outubro de 1966 e recebeu 51.023 pessoas neste domingo. Toda a renda será destinada à Scholas Ocorrentes, que apoia mais de 400 mil escolas em 190 países e tem como objetivo lutar por mais paz e solidariedade multicultural no planeta.

Ángel Gutiérrez/Atlético de Madri

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos