Sem dinheiro, Corinthians desiste de Mundialito Sub-17; Coritiba herda vaga

Dassler Marques e Napoleão de Almeida

Do UOL, em São Paulo

  • Arquivo Pessoal

    Matheus Pereira, hoje na Itália, foi destaque em recente edição do torneio

    Matheus Pereira, hoje na Itália, foi destaque em recente edição do torneio

Com o Palmeiras já confirmado como representante brasileiro, o Mundialito Sub-17 da Espanha esperava também pela presença do Corinthians em sua edição de 2017. A falta de recursos para a viagem, porém, fez a direção corintiana abdicar e abrir espaço para a presença do Coritiba entre os participantes. O torneio realizado em Madri está marcado para 21 de agosto e animou a equipe paranaense pela experiência internacional. 

"Sempre que participávamos, a organização mandava o convite com despesas pagas, de passagens e acomodações", justifica Nei Nujud, diretor do departamento amador do Corinthians. "Como teríamos que arcar com as despesas, achei que não valeria a pena", concluiu Nei. 

As despesas calculadas com a viagem, segundo informou o Corinthians, seriam na ordem de aproximadamente R$ 200 mil. O departamento de marketing chegou a ser acionado para buscar um patrocínio pontual para ir a Madri, mas não conseguiu êxito.

O episódio reforça a ideia de enxugamento de despesas dentro das divisões de base do Corinthians - e do clube como um todo. Em viagens recentes por competições estaduais e nacionais, o departamento amador tem encontrado dificuldades em arcar com todas as despesas. Jogadores e funcionários, nos últimos meses, vivenciaram alguns atrasos de salários. 

Ao lado do Real Madrid, o Corinthians lidera a galeria de títulos do Mundialito, com três conquistas cada. 

Coritiba celebra chance de viajar à Espanha 

Para o Coritiba, a oportunidade é vista como um primeiro passo para exibir-se como clube formador ao lado dos grandes europeus. Foi Juliano Belletti, ex-jogador do Barcelona e agora diretor do Coxa, quem costurou a vaga. "Eu entrei em contato com os organizadores e perguntei sobre o convite da competição. Me confirmaram que o Palmeiras e um outro clube tinham a preferência, e se esse outro clube brasileiro não confirmasse, eles iam nos chamar. Aí nos confirmaram", contou, comemorando a oportunidade.

"É nossa ideia de tentar tornar internacional a marca. Tem os clubes mais importantes do mundo, como Real Madrid, Atlético de Madrid, Benfica, Inter de Milão. Nossa base é muito forte, sempre manda jogadores para a seleção. Vai ser uma oportunidade de os nossos jogadores serem observados, vai ser muito bom", comentou Belletti.

Quando chegou ao Coxa, Belletti tinha como uma das tarefas estabelecer contato com o mercado europeu, já que as revelações do Coritiba não costumam ser vendidas diretamente aos clubes do Velho Continente, sempre tendo que passar pelo crivo de times de Rio ou São Paulo. "É o que eu quero para o Coritiba, colocar o clube no cenário mundial", idealizou.

Na edição 2017, há oito equipes confirmadas: Coritiba, Palmeiras, Real Madrid, Atlético de Madrid, Inter de Milão, Benfica, Athletic Bilbao e Nacional Medellín. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos