Como time do Professor Xavier viveu conto de fadas e virou novo Leicester

Do UOL, em São Paulo

  • Ian Walton/Getty Images

    Jogadores vibram com acesso após vitória nos pênaltis

    Jogadores vibram com acesso após vitória nos pênaltis

A última segunda-feira foi histórica para um time na Inglaterra, a ponto de o feito ser comparado ao incrível título do Leicester City na temporada passada. O dia mágico foi do Huddersfield Town, um time que muito fã brasileiro do futebol inglês não deve nem ter ouvido falar até esta semana.

A equipe da cidade homônima celebrou o retorno à elite da Inglaterra depois 45 anos. Nesse período, a tradição de ser o primeiro tricampeão nacional foi ofuscada por seguidos rebaixamentos. O clube chegou a ficar um ano na quarta divisão, na temporada 2003-2004.

O fundo do poço fez pelo menos uma geração perder a esperança em ver tempos áureos novamente. Que o diga Patrick Stewart, ator que interpretou o Professor Xavier na série X-Men e é um torcedor-símbolo do Huddersfield.

Atualmente com 76 anos, Stewart tinha 32 quando o Huddersfield disputou a elite do futebol inglês pela última vez, em 1972. Na época, era um ator iniciante que só havia aparecido em dois rápidos papeis de coadjuvante na TV. Realidade bem diferente dos 78 filmes que ostenta hoje em seu currículo.

Responsável por comandar o time no acesso histórico, o alemão David Wagner não escondia sua empolgação desde antes da confirmação da vaga. "Sinto que a maioria das pessoas, não só na Inglaterra, mas na Europa inteira, espera que esse conto de fadas tenha um final feliz", disse ele antes da vitória nos pênaltis sobre o Reading, na final do playoff de acesso.

A euforia também já havia tomado conta da diretoria. Em março, com o time bem posicionado para disputar os playoffs, o clube colocou à venda o pacote de ingressos para a próxima temporada por 200 libras (cerca de R$ 800), valor considerado baixo para um time recém-promovido à elite do Inglês.

Mas uma frase do treinador resume bem a sensação interna no Huddersfield. "Os jogadores foram de heróis a lendas nesses playoffs", bradou Wagner.

O Huddersfield foi o primeiro tricampeão consecutivo da Inglaterra, vencendo em 1924, 1925 e 1926. Até hoje, por exemplo, tem mais títulos que o Tottenham (dois) e tinha mais conquistas que Chelsea e Manchester City antes dos aportes milionários em ambos.

Assim, o clube estreará no ano que vem na milionária Premier League, cujo atual formato foi adotado no início dos anos 1990. Por isso, já tem uma receita garantida de 170 milhões de libras (aproximadamente R$ 700 milhões). O valor sobe para R$ 1,2 bilhão se conseguir ficar mais um ano na elite. Mas, por enquanto, o Huddersfield quer curtir seu conto de fadas.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos