Criciúma demite Deivid após 3 derrotas seguidas. Clube já tem novo técnico

Do UOL, em Santos (SP)

  • CELSO PUPO/FOTOARENA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO

    Deivid foi contratado pelo Criciúma em dezembro do ano passado

    Deivid foi contratado pelo Criciúma em dezembro do ano passado

As três derrotas em três jogos do Criciúma na Série B custaram caro ao técnico Deivid, que teve sua demissão confirmada nesta terça-feira (30) pelo clube catarinense. Luís Carlos Winck, 54 anos, deve ser apresentado na quarta como o novo treinador do time.

Este foi o segundo clube na carreira de Deivid como técnico. Antes, ele tinha comandado o Cruzeiro, time do qual foi demitido em abril de 2016, após eliminação no Campeonato Mineiro.

Luís Carlos Winck, ex-lateral de Internacional, Grêmio e com passagem pela seleção brasileira, treinou o Caxias no Campeonato Gaúcho. Ele se acertou com a diretoria do Criciúma pouco depois da demissão de Devid.

Winck levou o Caxiasaté a semifinal do Gauchão deste ano. Antes, passou pelo Lajeadense, onde foi campeão da Recopa Gaúcha, e Pelotas. A carreira como técnico começou em 2004.

O Criciúma é o lanterna da Série B com nenhum ponto somado até aqui. O time volta a campo nesta sábado, quando visita o Luverdense na Arena Pantanal, às 16h30.

Veja o comunicado do Criciúma:

O Criciúma Esporte Clube comunica o desligamento do executivo de futebol Gabriel Skinner e do técnico Deivid, com sua respectiva comissão técnica.

O clube agradece aos profissionais pela dedicação durante todo o período a serviço do Criciúma e deseja sucesso nos próximos desafios.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos