Sem estrelas, Itália faz oito em San Marino e fica a um gol de recorde

Do UOL, em São Paulo

  • Fabio Muzzi/ANSA via AP

Sem suas maiores estrelas, a Itália recebeu San Marino para um amistoso em Empoli nesta quarta-feira (31). Com o Stadio Carlo Castellani repleto de assentos vazios, a jovem equipe italiana quase aplicou uma goleada histórica, mas acabou vencendo por "apenas" 8 a 0 e ficou a um gol de igualar o recorde. O atacante Lapadula, jogador do Milan, foi o destaque do dia com três gols.

A maior goleada da história da seleção italiana foi em 1948, contra os Estados Unidos. Na ocasião, a Itália derrotou os americanos por 9 a 0.

O massacre começou ainda no primeiro tempo que acabou com o placar marcando 4 a 0, todos antes dos 20min. Lapadula, Ferrari, Petagna e Lapadula de novo fizeram os gols antes do intervalo. Ao retornar dos vestiários, os italianos precisaram de três minutos para movimentaram o placar novamente.

Caldara fez o quinto e, um minuto depois, Lapadula fez o sexto da Itália, seu terceiro na partida. Politano ampliou aos 13min e Bonini, contra, marcou o oitavo aos 20min.

Holanda vence Marrocos

No outro jogo do dia, a Holanda visitou Marrocos e venceu por 2 a 1, apesar de ter ficado com um jogador a menos com a expulsão de Matthijs de Ligt. Promes e Janssen fizeram os gols holandeses, enquanto Boussoufa descontou para os marroquinos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos