Apaixonado por animais, Arana já quase foi atropelado para salvar cachorro

Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

  • Acervo

    Arana beija o cão Lord: paixão por animais

    Arana beija o cão Lord: paixão por animais

Dentro de campo, Guilherme Arana não esconde a sede que tem por assistências, canetas e chapéus - em grande fase, os lances se multiplicaram em 2017. Fora das quatro linhas, o lateral esquerdo do Corinthians tem outra paixão: os animais. "Pai" de dois cachorros, o jogador de 20 anos já chegou a parar o trânsito para salvar a vida do seu cão de estimação, que passava por apuros.

O resgate do cachorro ocorreu há cerca de nove anos, em uma avenida do bairro do Sapobemba, zona leste de São Paulo, onde a família de Arana vivia. Comprado meses antes, o cão da raça pinscher, que ganhou o nome de Pedrinho, passou por momentos difíceis ao tentar atravessar uma via movimentada. Arana, aos 11 anos, não hesitou em ajudá-lo.

"O cachorrro atravessou a avenida com tudo, bateu num carro e ficou caído. O Arana, pequenininho, viu e entrou na avenida. Os carros pararam, teve um que freou em cima. Ele chegou em casa triste com o cachorro, que estava quieto, mancando. Depois de três horas ele já estava pulando, parecia um cachorro de borracha [risos]", contou Augusto, pai do lateral.

O incidente com Pedrinho ocorreu em 2008. Três anos depois, a família de Arana adotou mais um cachorro, um Golden Retriever chamado Lord. Daquela vez, o animal chegou pelas mãos do companheiro da base Mantuan, volante que hoje também está no time profissional do Corinthians.

Acervo
Pedrinho, no colo, foi salvo por Arana

"Ele deu o cachorro para nós porque os pais iam mudar para um apartamento. O Arana foi na mesma hora buscar. O cachorro veio para ficar num corredor da nossa casa. No segundo dia já tomou conta de tudo", relembra Augusto.

O animal, que aparece com frequência nas redes sociais com Arana, fez ainda a família trocar alguns móveis da casa, para minimizar os efeitos dos pelos soltos. "O aspirador de pó funcionou muito mais depois que ele apareceu", brinca o pai do lateral, que não esconde a predileção por Lord - a mãe de Arana, Dona Cíntia, é mais próxima de Pedrinho.

Sem os cachorros, não tem viagem

De acordo com Augusto, os cachorros são tratados como integrantes da família. Para se ter uma ideia, Pedrinho e Lord sempre acompanham Arana nas viagens com os pais e o irmão mais velho para fora da cidade de São Paulo.

"Se a gente for passar férias ou um feriado prolongado em uma casa alugada, os cachorros têm de ir junto. Se não forem, não tem viagem, a família não vai, nem tem conversa com o dono da casa. É sempre assim. Eles têm de ir", disse Augusto.

Titular absoluto do Corinthians e um dos maiores destaques na campanha do título paulista, Arana foi revelado pelo Corinthians - ele subiu aos profissionais em 2014. Em alta, o lateral esquerdo admitiu na última semana que sonha em atuar no Barcelona ou no Real Madrid. O jogador, porém, diz não ter pressa de deixar o clube paulista.

 

Uma publicação compartilhada por Guilherme Arana (@guiarana26)

 

 

 

 

 

em

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos