Após internação, Rossi é liberado e deve voltar à MotoGP no domingo

Do UOL, em São Paulo

  • Jean-Francois Monier/AFP

Valentino Rossi passou por novos exames nesta quinta-feira (01) e está apto a correr o GP da Itália neste domingo (04). O piloto, uma das estrelas da MotoGP, sofreu acidente em treino de motocross na semana passada, sofreu traumas no tórax e no abdômen e, por isso, não tinha participação na prova dada como certa. 

A Yamaha, equipe pela qual Rossi corre, publicou nas redes sociais a informação de que o italiano disputará a corrida. 

"Os fãs de todo o mundo podem dar um suspiro de alívio. O diretor médico da FIM, Dr. Giancarlo Di Filippo, o médico-chefe do circuito de Mugello, Dr. Remo Barbagli e o diretor médico do MotoGP, Dr. Angel Charte, afirmam que Rossi está condições adequadas para participar do Grande Prêmio em casa, já a partir das sessões de treinos livres", diz o comunicado.

Rossi se acidentou no dia 25 de maio e foi internado. Recebeu alta no dia seguinte, mas ainda acusava muitas dores.

Valentino Rossi, de 38 anos, é um dos maiores nomes da MotoGP, tendo conquistado sete vezes o título mundial. Em casa, no entanto, passa por jejum: o piloto não vence o GP da Itália desde 2008. Em condições, pode no domingo quebrar a série de resultados negativos no Circuito Mugello.  

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos