Atingido por Fred, goleiro do Paraná será operado e ficará fora por um mês

Napoleão de Almeida

Colaboração para o UOL, de Curitiba (PR)

O goleiro Léo, do Paraná, que sofreu choque com Fred, atacante do Atlético-MG, em partida da última quarta-feira (31 de maio), teve fratura na face constatada, na região da órbita, e passará por cirurgia. De acordo com o departamento médico do clube, no entanto, o procedimento será feito só em Curitiba, ainda sem data marcada. 

Léo segue em Belo Horizonte. Nesta quinta, recebeu alta no hospital par ao qual foi levado após a trombada. A cirurgia deverá ocorrer no começo da próxima semana. 

O goleiro passou por avaliações de um neurologista e de um oftalmologista. Não há nenhum risco ocular ou de sequela, mas cirurgia necessária lhe tirará de combate. A previsão é que fique afastado por 30 a 60 dias, a partir da data da operação, quando voltará aos treinos de máscara.

Reprodução/TV Globo
Goleiro Léo ficou com o olho inchado e precisou ser substituído

Léo e Fred se chocaram no gol do atacante mineiro, o segundo do Atlético-MG na vitória por 2 a 0 em Minas, em jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil. O Galo se classificou para as quartas, revertendo derrota por 3 a 2 na ida. No lance, o joelho de Fred atinge o rosto do adversário, que foi substituído após atendimento no gramado. 

O centroavante deixou de comemorar seu tento para ajudar o goleiro. Depois do duelo, falou sobre o ocorrido: "Ali não teve nem como comemorar, foi a testa dele que bateu muito forte no meu joelho. Fiquei preocupado com a cabeça dele. No último jogo, o Victor me deu uma joelhada no rosto e eu fiquei muito tonto. Fiquei preocupado se ele [Léo] estava bem, vamos torcer para ele estar bem", disse. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos