Griezmann indica "fico" após punição ao Atlético; United mira Lacazette

Do UOL, em São Paulo

  • REUTERS/Albert Gea

Não deve ser dessa vez que um grande time europeu conseguirá tirar Antoine Griezmann do Atlético de Madri. No mesmo dia em que o Tribunal Arbitral do Esporte (TAS) confirmou a punição para contratações ao clube espanhol, uma mensagem postada pelo jogador francês indica a permanência na capital espanhola. O Manchester United, principal clube a desejar o atleta, também mudou seu foco.

"Agora mais que nunca. #Atleti #todosjuntos", escreveu o jogador em uma foto com a camisa do time em seu Instagram. 

 

Ahora más que nunca #Atleti #Todosjuntos ??

Uma publicação compartilhada por Antoine Griezmann (@antogriezmann)

 

 

em

A imprensa espanhola publica que Griezmann decidiu ficar no clube espanhol após a punição ser confirmada e que o fato também leva o Atlético de Madri a endurecer ainda mais as tentativas de negociação do jogador levando a permanência do francês na Espanha por pelo menos mais uma temporada.

A última renovação de contrato do Atlético de Madri com Griezmann havia sido em junho de 2016, com duração até junho de 2021.

Antoine Griezmann vinha sendo um dos maiores protagonistas nas notícias sobre mercado da bola na imprensa europeia. O jogador era desejado pelo Manchester United, que estava disposto a pagar milhões para o francês.

A rádio espanhola Cadena Cope havia publicado, inclusive, que Griezmann havia manifestado dentro do Atlético de Madri a vontade de ser vendido.

Em entrevista ao programa "Minuto Cero" da TV por assinatura espanhola "Movistar +", no entanto, disse que o seu futuro está nas mãos do presidente do Atlético de Madri. "Estou bem no meu clube, meu futuro será decidido no verão (europeu). Estou feliz aqui. Já falei com meu treinador, com Koke e Godí. Está nas mãos do presidente do clube. Veremos como ficará", disse.

Com as notícias desta quinta (01), o Manchester United já muda suas atenções no mercado. De acordo com o Daily Mirror, o Manchester United investirá 50 milhões de libras na contratação de Lacazette, que está no Lyon e tem contrato até 2019.

Lacazette estava praticamente acertado com o Atlético de Madri. O presidente do Lyon, Jean-Michel Aulas, havia confirmado um acerto verbal entre os clubes há uma semana. No entanto, a transação estava pendente justamente por conta da punição do TAS ao clube espanhol. 

A decisão do TAS

Nesta quinta, o Tribunal Arbitral do Esporte (TAS) confirmou a punição para o Atlético de Madrid de não poder contratar jogadores por duas temporadas. A multa, por outro lado, foi diminuída, passando de 825,3 mil euros (R$ 3 milhões) para 504,5 mil euros (R$ 1,8 milhões).

Assim, o tribunal ratifica em sua principal parte a decisão do Controle e Comissão Disciplinar da FIFA, que tinha tomado a medida como pena por irregularidade na aquisição de jovens nas categorias de base do clube.

Com a decisão, o Atlético não poderá inscrever novos jogadores até o próximo mercado de inverno (em janeiro), mas poderá recuperar aqueles que transferiram para outros clubes, vender atletas e promover quem estiver em categorias de base.

"O TAS mantém a proibição de inscrever jogadores até 1 de janeiro de 2018. A decisão é injusta, supõe um agravo comparativo a respeito dos casos similares e provoca um dano irreparável. A partir de hoje vamos trabalhar para fechar o quanto antes as operações em andamento e inscrever os jogadores em 1 de janeiro", disse o clube mais cedo. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos