Marcinho diz que defesa do SP achou equilíbrio: "Aprendendo a sofrer"

José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo

  • Érico Leonan / saopaulofc.net

    O atacante Marcinho

    O atacante Marcinho

No início da temporada, o São Paulo era criticado por levar muitos gols. Agora, a equipe do treinador Rogério Ceni completou três rodadas do Campeonato Brasileiro com apenas um gol sofrido. Por isso, o atacante Marcinho, acredita que o Tricolor tenha encontrado o equilíbrio entre os sistemas defensivo e ofensivo.

"A gente está aprendendo a sofrer um pouco atrás. Não estávamos fazendo isso nos outros jogos. Quando você fica um pouco mais atrás, tem mais segurança. Deu certo, elevou a confiança do grupo. Ganhando de meio a zero, um a zero, está ótimo", disse Marcinho, que também teve de ajudar na marcação durante o clássico com o Palmeiras.

"Rogério já tinha me pedido outras vezes, aconteceu de novo contra o Palmeiras. Não é uma posição que estou acostumado a jogar, mas quero ajudar. Essa questão de cobrir o lateral e estar perto dos zagueiros é complicada. Mas fica mais fácil quando você está concentrado no que precisa fazer. O Rogério fala sempre comigo, sei que não posso errar, principalmente quando estou na área. Não sei se vou jogar [contra a Ponte Preta]. Independentemente de qualquer coisa, é dar continuidade no trabalho."

Na partida deste fim de semana, contra a Ponte Preta, o jogador espera que o São Paulo repita a postura adotada nas últimas partidas. "Será um jogo muito difícil. Sabemos da força da Ponte, sabemos o que eles fizeram no Campeonato Paulista. Teremos de nos comportar bem. O que fizemos nos dois jogos têm de ser colocado em prática. Poderemos aproveitar isso", afirmou Marcinho.

 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos