Dorival diz que não pedirá para Cleber permanecer no Santos

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

  • Ivan Storti/ Santos FC

    Zagueiro Cleber recebeu proposta do São Paulo. Clubes ainda negociam

    Zagueiro Cleber recebeu proposta do São Paulo. Clubes ainda negociam

O técnico Dorival Júnior revelou que não pedirá para o zagueiro Cleber permanecer no Santos. O defensor recebeu proposta para atuar no São Paulo. O treinador alega que poderia se comprometer com o atleta e, inclusive, ter problemas para tomar decisões em relação ao jogador no futuro – como, por exemplo, tirá-lo da equipe ou de uma convocação para os jogos.

"O atleta tem que ter liberdade de decisão. Amanhã você será a mesma figura que vá tirá-lo de uma convocação ou da equipe. Ele pode se tornar negativo rapidamente e o treinador terá que tomar uma decisão. Eu jamais falarei para um jogador: 'permaneça na equipe'. Porque amanhã posso tomar uma decisão contrária daquilo que ele espere. Não posso influenciar ele pela minha postura", afirmou Dorival Júnior.

"É importante e eu sempre coloquei isso diante dos jogadores. Seja em uma pequena proposta ou grande. A decisão principal passa muito mais por ele do que por outro membro. É importante se sinta confortável. O Cleber é um jogador que merece essa condição e essa consideração. Ele não estar atuando não implica em nada. Futebol é relativo", completou.

Em reunião, os presidentes Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, do São Paulo, e Modesto Roma, do Santos, combinaram uma espécie de "pacto de silêncio" sobre a negociação. A cúpula são-paulina ainda espera um contato direto com o jogador antes de externar a transação e o possível acordo.

Cleber está inclinado a jogar no São Paulo, mas se mostrou duvidoso no início da transação, na semana passada. O atleta acreditava que sairia por baixo na carreira ao deixar o Santos na reserva. Ele tem convicção de que pode ganhar espaço no time e se firmar como titular.

O estafe de Cleber, no entanto, o aconselhou a se transferir ao São Paulo. Com bom relacionamento na Vila Belmiro, eles sabem que o jogador não terá grandes oportunidades enquanto o técnico Dorival Júnior estiver no comando da equipe.

O acordo financeiro já está acertado entre Santos e São Paulo. Como revelou o UOL Esporte na última terça-feira, o clube do Morumbi pagará o jogador de forma parcelada. O São Paulo gastará R$ 7 milhões no total. O clube do Morumbi pagará o Santos pelo valor que ele já investiu no jogador – pouco mais de R$ 2 milhões – e ficará responsável pelas parcelas de 2018 e 2019.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos